sexta-feira, 29 de maio de 2009

Jornal Afinal agora (sendo) digitalizado

Capa e contra-capa do último número do jornal Afinal

Caros leitores,
a partir de hoje estou digitalizando o Jornal Afinal, jornal pôrno-político criado por mim e mais dois companheiros, Nelson Rolim e Jurandir Camargo, nos anos 80 e que logo recebeu os reforços de Ney Vidal, Eloy Gallotti, Flávio Carvalho e o fotógrafo Rivaldo Souza. Muitos jornalistas da época coloboravam com o Afinal mas mantinham seus nomes no anonimato para não perderem seus empregos.
O jornal não poupava ninguém, nem políticos e nem coleguinhas que hoje posam de democráticos quando no período da ditadura foram coniventes e até dedo-duros nas redações de jornais. O Afinal foi criado após um programa de demissão em massa patrocinado pelo então governador Jorge Bornhausen nas redações do jornal O Estado. O clima já vinha pesado desde a Novembrada quando tivemos todos os textos censurados no jornal.
Reler o Afinal é uma maravilha e mostra uma época encantadora de Florianópolis. Vamos desde denúncia de corrupção do governo, sempre dando os nomes de todo o mundo, até relatos tipo coluna social de festas e bacanais que aconteciam na época. O mais famoso, sem dúvida, foi o Bacanal do Rio Vermelho retratado nas páginas do Afinal.
A cobertura sobre a Novembrada é um dos materiais mais completos sobre o assunto. Todas as matérias censuradas no jornal O Estado foram publicadas no Afinal.
Afora isso, o jornal Afinal trazia matérias internacionais, nacionais e defesa de movimentos populares contra a ditadura. Sem dúvida uma das mais interessantes matérias do jornal foi um entrevista com Beto Stodieck, o "colunista da cidade", quando demitido do "mais antigo". Beto rasga o verbo e entrega falcatruas do jornal com o governo, rolos da alta sociedade catarinenses e mais coisas ainda. Coisa de louco!
Vale à pena relembrar esses bons tempos! Estou apenas iniciando a digitalização e vou postando a partir do último número do Afinal para que depois fique em ordem para quem abre o blog.
Boa leitura e divirtam-se!
Para entrar no jornal clique na figura da coluna ao lado. Ou aqui.

Um comentário:

Anônimo disse...

òtima idéia!!!
Bom e produtivo recesso!
pat