quinta-feira, 28 de maio de 2009

Pavão Linhares

O advogado de defesa de Luiz Henrique, João Linhares, deu uma de malandro e atropelou o tempo que lhe estava determinado e dividido entre quatro advogados. Muito à vontade no TSE, João Linhares foi duas vezes advertido por colega de defesa que esperavam na fila. Chegou a ser puxado pela toga pelo advogado que esperava a vez. Não queria largar a latinha e aumentou os seus 15 minutos de fama.

Um comentário:

Anônimo disse...

O Relator para absolver o LHS, com maestria, chamou o Estado de Sde uma grande merda, e que ADJORI e ACAERT são ineficientes porque não coem comprovar sua audiência e sua cobertura. Foi o Juiz que disse. Espero que os Jornais e e os veiculos ^de mídia eletrônica tenham a sua compensação, porque ficou comprovado nacionalmente, dito pelo Relator, quer a comunicação em SC, não existe.