sexta-feira, 31 de julho de 2009

FOLHA CONTINUA DANDO ESPAÇO A IMORTAL IMORAL

Por Janer Cristaldo
Sexta-feira é o dia em que a Folha de São Paulo dá espaço a três cronistas canalhas: um senador corrupto, um deputado corrupto e um jornalista contemplado com a bolsa-ditadura. Espanta constatar como a Folha envelheceu tão rapidamente. De jornal jovem e corajoso, que denunciou e ainda denuncia os desmandos da ditadura e a corrupção do Congresso, transformou-se em casa que dá abrigo ao que de pior existe no país. Leia mais. Beba na fonte.

Mussum Day


No aniversário de 15 anos da morte do humorista Mussum, a internet se voltou para o Mussum Day. Nos Trending Topics do Twitter, o #mussumday já aparece entre os assuntos mais comentados da última hora.

Sarney monta equipe de jornalistas para guerra de contrainformação, diz jornal

Do Comunique-se:

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), alvo de 11 representações no Conselho de Ética, montou uma equipe para atuar na guerra de contrainformação. De acordo com matéria publicada pelo Correio Braziliense da última terça-feira (28/07), 15 jornalistas foram contratados para analisar e rebater reportagens que afetem a imagem do senador.

A equipe também atua em blogs de jornalistas e nas redes sociais, como o Twitter e o Orkut. Com perfis falsos, os jornalistas monitoram comentários, opiniões e comunidades, e postam textos rebatendo críticas e elogiando a atuação de Sarney.

Contratados inicialmente até novembro, os jornalistas ocupam um espaço num shopping de Brasília, que fica a dez quilômetros do Senado. Recém-formados, os profissionais recebem R$ 1,8 mil por seis horas de trabalho. Segundo o Correio, uma fonte informa que não há contrato formal nem recibos que identifiquem o serviço prestado.

A assessoria de Sarney na Presidência do Senado negou a contratação de jornalistas.

J.L.Cibilis comentou:

O que esta cambada de canudos nao faz por uma migalha, se vende por pouco, sao uns verdadeiros mercenarios, ja comesaram bem na profissao "desrregulamentada".
E ai como é que é, a FENAJ que fica na terra da abundancia, nao vai se manifestar, de uItálicoma dura nestes "focas".

CERTEZAS DA DÚVIDA


Por Olsen Jr.

olsenjr@matrix.com.br

O título aí é um oxímoron. Uma figura de retórica que une duas idéias opostas formando um outro conceito. Metafórico se pretenderem. Também, nesse caso, um livro do Paulo Francis publicado em 1970.

Dito isso, não me ocorreu nada melhor, para falar de duas “instituições” emblemáticas da igreja católica: o limbo e o purgatório.

Já anunciei que não gosto de discutir religião, lembrei novamente de Francis comentando sobre Kierkegaard, afirmava: “Kierkegaard é o único filósofo idealista levável a sério. Colocando a questão da espiritualidade em termos de fé, e não de lógica, é irrespondível”. É nisso que creio: cada um cada um. Mas na semana passada recebi um e-mail (de alguém aparentemente esclarecido) que afirmava ser o limbo e o purgatório a mesma coisa.

Well, o que era uma “certeza” passou a ser uma “dúvida”, e fui atrás do conhecimento com gente da área. Então, o limbo que foi revogado pelo Papa Bento 16 (em uma única canetada, tão surpreendente quanto inesperada, em abril de 2007, o ato foi considerado uma espécie de reengenharia celestial) era um lugar, nem no inferno e nem no céu, para onde iam as crianças que nasciam mortas ou que morriam sem ter recebido o batismo (que as livrava do pecado original). Depois o tal lugar também era destinado (a sacanagem começou aí) aquelas pessoas que eram tidas como boas e justas, mas que tinham morrido antes da passagem de Jesus pela terra, coisa de louco, todo homem é igual “mas alguns são mais iguais do que os outros”, na frase do multimídia Nöel Coward quando uma mulher lhe disse, em 1928, que todos os homens são iguais.

Já o purgatório, como o nome sugere, era um lugar de “purgação” que antecedia a entrada no céu. Uma última oportunidade de purificação/conversão para as pessoas que ainda precisavam preparar-se para ter condições de se encontrar com o criador e finalmente ingressarem no paraíso.

Acredito que deu para entender...

Aliás, por livre associação de ideias, falando em paraíso, lembrei daqueles dois amigos, quase irmãos, inseparáveis mesmo e que gostavam muito de futebol. Eles haviam combinado que o primeiro deles que morresse daria um jeito de se comunicar com o outro avisando se no céu havia jogo de futebol.

Passado um tempo, um deles morreu. Depois de três dias, finalmente, o combinado foi feito e ele se comunica com o amigo aqui na terra, diz “meu caro, tenho duas notícias para te dar, uma boa e outra ruim: a boa é que não só tem futebol aqui no céu, como irá começar um campeonato nesse final de semana; a ruim é que você foi escalado para jogar no domingo”.

Quando se tratava de obsessão, o Freud tinha uma figura que acredito imbatível para descrevê-la, dizia que se deveria comportar como aquele artista que não hesita em queimar todos os móveis do estúdio para manter o modelo aquecido e realizar a sua obra. Assim é suponho que se portam aqueles que possuem fé, que acreditam em algo superior ou então, se permanece naquele nonsense preconizado pelo humorista e cineasta, Woody Allen, “E se tudo for uma ilusão e nada existir? Nesse caso, não há dúvidas de que paguei demais por aquele carpete novo”.





quinta-feira, 30 de julho de 2009

PLANO MARSHALL X PLANO PERÓN!



1. Eva Perón viajou à Europa em 1947. Foi recebida apoteoticamente (2 milhões e 1 milhão de pessoas) na Espanha e na Itália. Foi à França, Suíça e Portugal. E na volta esteve por 3 dias no Brasil (recebeu a Ordem Cruzeiro do Sul). Tinha 28 anos. Sua capacidade de oratória, apoiada na sua condição de atriz, surpreendeu o mundo todo. No retorno, trouxe 600 migrantes no navio para terem trabalho em seu país. Chegando ao porto de Buenos Aires (Puerto Madero, hoje), saiu com Perón em passeata de 2 milhões de pessoas. Na viagem levava navios com trigo, carne e roupas para mitigar o sofrimento da grande guerra.

2. E levou um Plano alternativo ao Plano Marshall. Linhas de crédito em dólar ou transformáveis em compra de alimentos e roupas argentinos. Os dirigentes italianos assinaram o primeiro acordo dentro do Plano Perón e receberam 500 milhões de dólares (da época). Assustou os EUA, o Reino Unido e a URSS. Chupado do
Ex-blog do Cesar Maia

Do idiota sem voto


Deu no blog do Noblat:

"O Sarney não é um garoto, não é um suplente como eu que tem quatro anos na política. Já enfrentou a ditadura para fazer a abertura política. Acha que vai ter medo de alguma coisa? Ele é cascudo, está vacinado para não ter medo.


Senador Wellington Salgado (PMDB-MG), porta-voz informal de Sarney

Desconto de até 35% nas passagens

Clique na imagem
e leia matéria anterior.

Servidores da Câmara negociavam a cota com as agências

Os depoimentos de servidores da Câmara e empresários do ramo de turismo de Brasília à comissão de sindicância que investigou a máfia das passagens revelaram que os bilhetes aéreos das cotas dos deputados eram vendidos para agências de turismo com desconto de até 35%. Uma destas passagens teria saído do gabinete do deputado catarinense Fernando Coruja (PPS). Ele nega. Saiba mais. Beba na fonte.

70% do Conselho de Ética tem ficha com problemas

Charge do Angeli

Ao menos 21 membros são alvo de inquérito, réus em ação ou têm ligação com nepotismo e atos secretos

A esperada benevolência do Conselho de Ética com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), pode ser explicada, entre outras coisas, pela biografia de seus integrantes. Pelo menos 70% dos membros do conselho são alvos de inquéritos autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF), réus em ações penais e/ou envolvimento com nepotismo e atos secretos nos últimos anos. Caberá a esses senadores decidir na próxima terça-feira o destino dos pedidos de abertura de processo de cassação de Sarney. Saiba mais. Beba na fonte.

Movimento que defende fim do diploma cria Associação Brasileira dos Jornalistas

O Movimento em Defesa dos Jornalistas Sem Diploma (MDJSD), criado em 2005, fundou no último domingo (26/07), em Brasília, a Associação Brasileira dos Jornalistas (ABJ), que pretende filiar jornalistas diplomados ou sem formação superior na área. A ABJ é presidida por Antônio Vieira, formado em administração de empresas, com especialização em matemática financeira, mas que trabalha como jornalista há 20 anos. Saiba mais. Beba na fonte.

Ministro do STF acredita na volta do diploma de Jornalismo
O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello, único a votar contra o fim da obrigatoriedade do diploma de Jornalismo para o exercício da profissão, acredita na volta da exigência de formação superior por meio de ação do Legislativo. Em entrevista ao Observatório da Imprensa, que foi ao ar nesta terça-feira (28/07), o ministro afirmou que, pela repercussão da decisão, deputados e senadores deverão encaminhar a questão “de acordo com os anseios da sociedade”. Beba na fonte.

Fogo amigo

Da na coluna do informado Adelor Lessa:

As informações que mais têm incomodado Eduardo Moreira depois que ele saiu da presidência da Celesc não têm saído da oposição, mas de dentro do governo. Mais precisamente do atual comandante da estatal, Sergio Alves, seu sucessor. A última - Alves disse ontem que a Celesc está "inchada", que foi "inchada" nos últimos anos (período de Eduardo) e que terá que ser "enxugada

quarta-feira, 29 de julho de 2009

terça-feira, 28 de julho de 2009

Espanholas oferecem serviço doméstico sexual

Da BBC Brasil

Trabalho mistura serviços como lavar e cozinhar com atividades eróticas

A crise econômica global pode estar ajudando a impulsionar uma nova modalidade de trabalho na Espanha, os serviços domésticos eróticos, que no país ganharam o nome de porno-chachas. O trabalho é uma mistura de serviços de limpeza, cozinha, lavar e passar com atividades eróticas. No último mês foram oferecidos nos jornais e na internet mais de 750 mil anúncios de empregadas que oferecem o serviço. Leia mais. Beba na fonte.

Félix Tournachon e a fotografia

Canguita.
Aqui vai a foto de que te falei, em negativo e positivo. O link é para uma breve biografia do autor, Felix Tournachon, mais conhecido como Nadar, grande fotógrafo, homem audacioso e sensível.
Essa foto - "A banker's hand" - inaugura a fotografia com a possibilidade de, através do conhecimento de um detalhe, podermos imaginar o personagem. No caso, um banqueiro, ave de rapina como se pode ver. Como Magalhâes Pinto, e congeneres.

Nadar foi ainda autor primeira reportagem fotográfica conhecida,uma série de 21 fotografias do cientista francês Eugène Chevreul a conversar (veja a foto em anexo).
Também abrigou em seu estúdio a primeira exposição dos impressionistas, barrados pela Academia, gente nada menos que Cezanne, Renoir, Monet (será que é porque eles não tinham diploma?).
E ainda era amigo de Sara Bernhardt, e muitos mais.
Com essa foto, será que podemos anunciar que o Cangablog vai comemorar, firme e alegremente, os 170 anos do surgimento da fotografia? Com material postado diariamente, sobre fotografos de todo o mundo?
Grande abraço,
Dario

Sem dúvida que podemos. Aliás, já está anunciado Dario.

A falsa deficiente

Escutei outro dia no rádio que camelôs de São Paulo estavam vendendo adesivos para motoristas estacionarem seus carros nas vagas de deficientes físicos. Achei o cúmulo, mas como nada mais me apavora acabei achando graça. Não é que ontem estacionei em frente à Caixa Econômica da Hercílio Luz. Ali existe uma vaga para deficientes em cima da calçada.
Logo atrás de mim uma Pajero preta, placas HXR-9906, estacionou na vaga para deficientes. Desceu uma senhora do lado do carona e enseguida a motorista, dos seus 40 anos, abriu a porta e tirou do porta objetos da porta do carro um adesivo de deficiente e colou no vidro dianteiro do carro. Nenhuma delas era portadora de deficiência.
É muita malandragem! Fiquei bege!

O milico e o metalúrgico

Ao ver Lula defendendo seu filho que recebeu R$ 15 milhões de reais da TELEMAR para tocar sua empresa, Élio Gáspari publicou essa história buscada no fundo do baú:

Em 1966 o presidente Castelo Branco leu nos jornais que seu irmão, funcionário com cargo na Receita Federal, ganhara um carro Aero-Willys, agradecimento dos colegas funcionários pela
ajuda que dera na lei que organizava a carreira.
O presidente telefonou mandando que ele devolvesse o carro. O irmão argumentou que se devolvesse ficava desmoralizado em seu cargo.
O presidente interrompeu-o dizendo:
- "Meu irmão, afastado do cargo você já está! Estou decidindo agora se você vai preso ou não".

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Quem protege Dantas protege Sarney


Deu no O Globo

Gilmar Mendes critica banalização dos vazamentos de escutas telefônicas

Carolina Brígido

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, defendeu nesta segunda-feira uma lei que regulamente e aprimore as técnicas das escutas telefônicas. Ao comentar o vazamento das interceptações telefônicas da Operação Boi Barrica, da Polícia Federal, que envolve o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), Gilmar Mendes disse que há uma banalização deste tipo de prática.

- Esse é um problema que tem ocorrido com alguma constância e até agora com pouca elucidação. Sem dúvida é uma área que estamos carentes de melhoria, há necessidade de aprovar uma nova lei de escutas e também aprimorar técnicas. Se trata de criar uma cultura diferente nessa matéria. Banalizamos esse tipo de prática.

Dario de Almeida Prado Jr. comenta

Canguita.
Grande Nei Duclós. Até que enfim, uma luz da história sobre os acontecimentos tão bossais que presenciamos.
Quem enche o tanque do tanque é o civil - militar não produz nada, não é? Lembro-me do filme Jango, que vimos juntos em Sampa, 25 anos atrás, depois de uma longa caminhada pela cidade. Magalhães Pinto, num dos depoimentos, a cores, fala (e mente):"Financiei a Revolução e não recebi nada até agora". Claro que recebeu, e muito. Me lembro também do gangster Roberto Campos participando da tomada do poder...
Como é que poderíamos ter um outro sistema de representação política e uma outra Justiça?
Somos 200 milhões de brasileiros. Um por cento - 2 milhões - fica com 40% da renda do País. Outros 10% com mais 35% da renda. Ou seja, 175 milhões de brasileiros brigam feio por restos.
Um por cento dos proprietários rurais têm 50% das terras - não por acaso, as melhores.
Os privilegiados, agentes do grande negócio internacional, nosso faustoso primeiro mundo daqui mesmo, aguentaria uma Justiça de verdade? É possível eleger um Congresso, Assembléias Legislativas, Câmaras Municipais realmente interessadas em construir uma Nação?
Décio Freitas, grande historiador gaúcho, falava que "temos as elites mais competentes do Rio Grande(fronteira do México com os EUA) para baixo. Competente para manter seus interesses - somos o único País desses todos que não vivemos uma guerra civil. E dotadas de uma enorme capacidade de antecipação das jogadas". Como mostra o Nei Duclós.
São 509 anos de história. O primeiro curso superior que tivemos foi de Direito - ou seja, para se construir este país assim. Bem assim.
As coisas estão como estão não em vão.
Dario

Cláudio Humberto, grande fotógrafo radicado em Brasília, e primo distante do Adolfo Dias - quem diria, é o autor da foto acima.

Recebi do Dario Prado e gostei

Clique em cima da imagem para ampliar.

Angela diz que não tem racha no PP

A deputada federal Angela Amin saudou seus companheiros do Partido Progressista nesta manhã, em São Miguel do Oeste, e disse se sentir mais leve desde sexta-feira, quando esteve em Lages. “Cada prefeito que aqui está e a partir da divulgação da pesquisa Data Folha, ninguém questiona a força que representamos. A iniciativa do Hugo nós respeitamos”, afirmou Ângela. Segundo ela, a iniciativa de apresentar seu nome como pré-candidata partiu do diretório de Lages, sob o comando de Marli Nacif, e ela não confirmou seu nome como alternativa.
“Mas na terra do Hugo, eu digo que coloquei o meu nome para que possamos fazer o exercício político. Eu nunca escondi o que eu penso sobre as eleições no ano que vem em Santa Catarina”, disse Angela. Ela pediu aos progressistas a possibilidade de diálogo e disse não haver
racha interno.
A deputada federal Angela Amin, que acompanha a caravana, em seu carro particular ao lado do filho João Antônio, resolveu finalmente sentar na mesa das autoridades. O fato aconteceu no encontro desta segunda-feira, dia 27, em São Miguel do Oeste.

Imprevisto mantém estudantes em Miami


Afora todos os problemas de atrasos e overbook, o grupo de estudantes catarinenses que deveria embarcar hoje para Dallas - estão retidos desde sábado em Miami - continua no aeroporto de Miami. Desta vez o problema foi diferente. Após o grupo todo ter embarcado no avião que os levaria à Dallas, onde pernoitariam e sairiam na quarta-feira para o Brasil, uma das passageiras passou mal e desmaiou. Foi atendida pelos médicos do aeroporto e em virtude dos procedimentos de rotina dos paramédicos teve que ser levada ao hospital. Com isso os estudantes tiveram de desembarcar e continuam em Miami, a espera de um novo voo que os traga ao Brasil.

Overbook nos EUA espalha estudantes catarinenses por 3 países


Mais de 60 adolescentes em viagem para a Disney, Orlando, estão desde sábado tentando retornar ao Brasil e não conseguem. A maior parte é de estudantes do Colégio Catarinense.
Segundo a operadora de turismo Intercultural, a demora no retorno ao Brasil se deve a problemas de atrasos e overbook nos EUA.

Neste momento uma parte do grupo está em Lima, Peru, e não conseguiu embarcar para São Paulo. Teriam tentando embarque em um voo que sairia de Lima às 07h30. Sem conseguir voar acabaram acomodados no Hotel Ramada Costa del Sol Airport e receberam voucher para alimentação. É provavel que retornem via Santiago do Chile ainda hoje.

Outro grupo chegou hoje cedo em Buenos Aires e acabou perdendo a conexão de um voo previsto para São Paulo às 07:25h. Parece que foram realocados em um voo Gol que sai de Buenos Aires às 11:45h chegando em Guarulhos às 14:35h. Porém nada está confirmado ainda.

Um outro grupo pequeno, de quatro estudantes e um guia, acabaram de chegar em São Paulo.

Mas um quarto grupo ainda está em Miami se deslocando ainda hoje para Dallas, onde pernoitam e possivelmente embarquem amanhã para o Brasil. Esse grupo foi hospedado em hotel 5 estrelas em Miami e recebeu uma proposta da American Airlines de USD 800 em dinheiro ou USD 1200 em voucher para ser trocado por outras passagens para nossos passageiros. É claro que a gurizada preferiu os USD 800 para torrar. Parece que voltam para casa amanhã.

Nova tomografia indica estabilidade no quadro de Felipe Massa

Médicos consideram positiva a situação sem alterações

Nesta manhã de segunda-feira, Felipe Massa passou por uma nova tomografia. O quadro de saúde segue inalterado, e estabilidade é considerada um bom sinal pelos médicos. O piloto brasileiro recebeu a visita do presidente da escuderia Ferrari de Fórmula-1, Luca di Montezemolo, no Hospital Militar de Budapeste. Massa está internado desde sábado, depois de ter sido atingido por uma peça de metal que caiu na pista durante os treinos classificatórios para o GP da Hungria. Leia mais. Beba na fonte.

Vinho tinto aumenta libido feminina

Estudo classificou mulheres em grupos de acordo com consumo de vinho. Uma pesquisa de uma universidade italiana afirma que o consumo moderado de vinho tinto pode aumentar a libido sexual feminina. O estudo da Universidade de Florença foi feito com 798 mulheres italianas entre 18 e 50 anos na região de Chianti, na Toscana. Elas foram classificadas em três grupos conforme o hábito diário de consumo de vinho: as que consomem entre uma ou duas taças de vinho, as que não consomem vinho e as que bebem mais de duas taças. Agora sim. Beba na fonte.

Por um triz

Sarney perde apoio entre aliados, que cobram solução rápida para crise

Fragilizado e sem a certeza de ainda ter maioria consolidada no Senado, o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), está sendo pressionado a decidir seu destino político em agosto, quando acaba o recesso do Congresso. Aliados da base governista no Senado apostam que Sarney não resistirá à pressão cada vez mais forte das ruas após a divulgação de gravações da Polícia Federal, e tentarão articular uma solução negociada com o próprio Sarney. Hoje, o presidente do Senado não tem mais a certeza de que dispõe dos 41 votos necessários para barrar, no plenário da Casa, qualquer iniciativa de retirá-lo do cargo. É o que mostra reportagem de Isabel Braga e Cristiane Jungblut na edição desta segunda em O GLOBO. Nesta segunda-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva discute a crise do Senado em reunião com ministros da coordenação política. Leia mais em O Globo. Beba na fonte.

domingo, 26 de julho de 2009

Gripe suína: morte em Florianópolis?

Deu no blog do Ancelmo Góes:

Calma, gente

O voo 1915 da Gol (Florianópolis-Rio), que chegou ontem às 14h40m, trouxe no bagageiro um caixão com o corpo de uma vítima da gripe suína e, a bordo, sem máscaras, quatro parentes do falecido. A tripulação só soube no Rio e ficou assustada.
O Sindicato Nacional dos Aeroviários fez queixa à Anvisa.

A "democracia" cubana


De Cláudia Cadelo do blog Octavo Cerco:

Cheguei calma e elegante as seis e quinze ao concerto de Pedro Luis Ferrer no Museu Nacional de Belas Artes em Havana Velha, acompanhada de duas amigas. Uma delas estranhou ver "civis, aparentemente" colocados em posições militares atrás dos uniformizados da segurança do museu...eu não os ví.

Quando estávamos comprando as entradas veio um homem que se apresentou como diretor do teatro e nos pediu sorridente que o acompanhássemos. Já sabia o que era, porém algo dentro de mim dizia que não, que não era possível, senti pena pelas minhas amigas que sem comê-la nem bebê-la olhavam com os olhos grandes o que se chama por aí de "os burocratas da cultura cubana".

O homem nos disse que a instituição se reservava o direito de admissão e que não podíamos entrar por haver participado de uma ação provocadora "contra este" durante a Bienal de Havana. Minhas amigas não tinham ideia do que falava porém lhe pedi que fosse mais específico e disse que nos negava o direito de entrar por haver falado ao microfone do Wilfredo Lam, durante a performance "El susuro de Tatlin" de Tania Bruguera.

Eu lhe disse que havia estado lá porém que era um erro certamente pois muitas pessoas estiveram alí nesse dia, pediu-me um instante e foi "consultar". Uma mulher veio e me perguntou:
-Quem de vocês é a Claudia?
Leia mais. Beba na fonte.


Os idiotas do Senado


"Ronaldo volta, e a imprensa aplaude. Rubinho volta, e todo mundo elogia. O Sarney volta, e vocês só criticam. E ele está batendo um bolão!

Wellington Salgado, senador do PMDB de Minas Gerais

É esse tipo de gente que está fazendo fortuna com o nosso dinheiro no Senado federal. Senador suplente que assumiu uma cadeira no Congresso sem ter tido um único voto. Mais um escárnio em cima do povo.Até quando???????

Sobre o post: Até quando esta máfia mandará no país?

Do amigo Nei Duclós:

"Até quando durar esta ditadura, Canga. Para isso foi feito 1964, golpe de estado do coronelato civil (Lacerda, Sarney, ACM, Adhemar etc.), que usou os militares até que a farda assumisse toda a culpa do estrago - e assim poderiam ser eliminados do poder, como aconteceu em 1985. Desde 64, o poder na economia, nos governos estaduais, no Congresso sempre foi civil. A atual pseudodemocracia nada mais é do que o regime de 64 consolidado. Lembra como de 64 a 85 o poder falava em democracia,que estava defendendo a democracia? pois é essa democracia que está em vigor. Foi fácil. Anistiaram os torturadores, derrotaram a emenda Diretas-Já (com intervenção fundamental de Sarney), elegeram uma chapa por via indireta, coincidentemente o titular da chapa morreu e assumiu o ex-presidente do PDS e atual presidente do Senado. Depois, sequestraram a sigla histórica do trabalhismo, isolaram Brizola, mantiveram o sistema de representação política engessado, vincularam as eleições ao marketing milionário e à suspeita existencia das urnas eletronicas. Enquanto existir esse regime fake, eles não sairão do poder. Para isso deram o golpe de 64 e o golpe de 85. Para isso tiraram Lula do sindcalismo e o jogaram na política "onde iria se perder" nas palavras de Golbery. A corrupção existe para fazer o sistema funcionar. Faz parte. Então, ou se muda o regime para uma democracia de verdade ou eles ficarão eternamente passando o poder ancestral aos netos e netas."

Tijoladas "pega" mais vereador crente. Agora o Asael

Post dominical do Tijoladas do Mosquito vem com força total mostrando as entranhas da nossa Câmara de Vereadores. Quem são os personagens que mandam na cidade e se dizem representantes do povo. O mais interessante é que quanto mais "crentes" e religiosos mais salafrários parecem. Na mesma matéria o Mosquito dá "uma geral" na imprensa catarinense e coloca o branco no preto. O que diz é a mais pura verdade. O envolvimento incestuoso da mídia, colunistas e (ditos) jornalistas com o poder é um jogo espúrio de troca de favores, aliciamentos, favorecimentos e empreguismo, que sempre foi praticado aqui. Muitas vezes, em meus tempos de repórter ou editor em jornais catarinenses, tive que engolir sapos e desistir de denúncias porque a direção das empresas (meus patrões) tinha acertado o baralho com os políticos ou empresários ladrões. Essa é a mesma imprensa que vive falando em ética e comprometimento com a comunidade. São todos iguais. Vivem de favorecimentos e troca de favores. Vejam a denúncia do Tijoladas:

"Em Santa Catarina, com raras exceções, a mídia pratica jornalismo. O que se vê é um verdadeiro balcão de negócios entre empresas jornalisticas, colunistas e jornalistas e os que exercem o poder executivo, legislativo e judiciário. Praticamente não existe jornalismo investigativo. Quem está no poder paga e obtém as notícias favoráveis que deseja. Dias atrás postei no blog denúncia sobre uso irregular de veículo com o vereador DINHO (PSB) de Florianópolis. Até hoje o vereador nâo deu explicação. Não saiu uma linha na mídia local e soube que a orientação dos advogados dele era deixar o tempo passar que isso iría ser esquecido". Beba na fonte.

Até quando esta máfia mandará no país?


Família Sarney agora investe em terras com gás

Áreas estão registradas em nome da Adpart, empresa que tem o senador e sua neta Ana Clara como sócios e funciona em sua casa de R$ 4 milhões no Lago Sul de Brasília

Fisco rastreia laranjas em negócios dos Sarney

A Receita Federal começou a rastrear a movimentação financeira de pessoas apontadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal como laranjas usados pela família Sarney para ocultar a propriedade de empresas e praticar lavagem de dinheiro, de acordo com dados do fisco aos quais a reportagem teve acesso.

Escândalos sem fim

Empresa de Fernando Sarney vendia poste para estatal que dirigia

SÃO LUÍS - Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), há muito tempo atua com energia no Maranhão. Formado na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), na turma de 1978, ele se vangloriava, nas rodas de amigos na década de 80, de ter o melhor emprego do mundo: ao mesmo tempo que presidia a Companhia Energética do Maranhão (Cemar), era sócio de uma empresa que fabricava postes de cimento, contratada pela própria estatal. É o que mostra reportagem do enviado especial Chico de Gois na edição deste domingo em O GLOBO.

Sob investigação, aliados de Sarney mantêm cargos

As descobertas da Polícia Federal puseram em risco o cargo do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), mas não atingiram por completo o império político e financeiro do senador.

sábado, 25 de julho de 2009

Canalhas se mercem


"A imprensa tem denunciado os crimes de traficantes como Fernandinho Beira-Mar e Juan Carlos Ramirez Abadia. São criminosos óbvios, disto ninguém discorda. Mas pertencem ao universo da iniciativa privada. Jamais enfiaram a mão no bolso do contribuinte. Sarney enfiou, e enfiou fundo. Lula o apóia".
De Janer Cristaldo em seu artigo Canalhas se Merecem.
"O PMDB usa essa força para promover a corrupção, o compadrio e o nepotismo. Isso resvala na marginalidade. O MDB foi a encarnação do bem no combate à ditadura. Ganhou um P e virou a encarnação do mal na democracia.”

Rubens Figueiredo, cientista político

Do blog do Noblat

sexta-feira, 24 de julho de 2009

A miss do senador sem voto

Senador sem voto (suplente) Neuto de Conto é um homem privilegiado. Entre os seus 29 assessores comissionados conta com a colaboração profissional da bela Miss Santa Catatarina 2008, Gabriela Pinho, de Ituporanga. Gabriela figura como assistente parlamentar do senador do PMDB. Ganha um salário legal, dinheiro público, mas não precisa estrar lá no senado. Parece que presta serviços ao senador em outros lugares. Leia a matéria completa no blog do Cesar. Beba na fonte.

PROSTITUTAS DA LITERATURA TERÃO TRADUÇÕES SUBSIDIADAS NO EXTERIOR PARA AFAGO DE SEUS HUMILDES EGOS

Por Janer Cristaldo
Li há pouco, na Veja on line, reportagem sobre o escritor Pedro Bandeira, de 67 anos, considerado o "Paulo Coelho dos livros infanto-juvenis". Já chegou a vender 100.000 livros em um único ano e, em toda a carreira, vendeu 21 milhões de exemplares. Confesso que nunca ouvi falar deste senhor. Não costumo ler autores que vendem milhões de exemplares, assim da noite para o dia. Mas sempre vemos seus nomes, seja nas livrarias, bancas de jornais ou nas listas dos mais vendidos veiculadas pela imprensa. Não leio bestsellers, mas sempre tropeço, ainda que à revelia, com o nome dos autores. Do Bandeira, não tenho idéia de quem seja. Mistério profundo.

Mas o mistério logo se elucida, quando o repórter pergunta:

- Em um país com tantos analfabetos, o senhor chegou a vender 21 milhões de exemplares. Como explicar? Leia tudo. Beba na fonte.

Jornalistas e o sigilo da fonte

Eu posso pedir direito de resposta a um blog pessoal de opinião? Quando? E meu blog pessoal recebe a garantia do sigilo da fonte? Não sou jornalista, mas quero opinar e isso é uma democracia. Uma fonte que se quer protegida me passa dados para que eu publique no meu blog e gere um debate. Tenho a prerrogativa do sigilo desta fonte?

Estas indagações estão no artigo de Felippe Mendonça no Comunique-se. Beba na fonte.

Músico ferra com companhia aérea por violão quebrado


Um músico canadense que teve seu violão danificado durante um vôo nos Estados Unidos se transformou no novo hit na internet. Quase 4 milhões de pessoas já viram no YouTube um videoclipe que ele gravou com uma reclamação musicada contra a companhia aérea. Leia mais. Beba na fonte.

NÃO DISCUTO SOBRE ISSO!

Por Olsen Jr.

olsenjr@matrix.com.br

Religião e política, à mesa lá em casa, sempre foram assuntos proibidos. Sabia-se de antemão que ninguém chegaria a lugar nenhum, evitava-se assim a insalubridade das diferenças sendo confrontadas de corpo presente.

Continuo com a prática em minha própria vida. Tem situações, ditas de “foro íntimo” que ninguém tem o direito de “meter o bedelho”. O que não impede, naturalmente, de me divertir um pouco com algumas concepções manifestadas por alguns contemporâneos.

A tarde já ia a meio, estou no café lendo a “Ilustrada” da Folha, uma matéria sobre os Beatles, um dos meus vínculos com o passado (remember as 48 biografias deles lá na minha biblioteca) quando ouço na mesa ao lado, bem animada, alguém “requentando” um assunto que já esteve nas primeiras páginas algum tempo atrás, dizia: “sabem, uma das coisas que sempre me impressionou quando era criança, foi aquela história do “limbo”, não conseguia imaginar aquilo, o cara, sem ter cometido pecado nenhum, era condenado àquela coisa, ficava lá, toda a vida, nem para frente e nem para trás, aquela ideia de eternidade, de vazio, de dormência, nunca entendi... Agora, outro dia, o Papa Bento XVI aboliu o tal limbo... Assim, de uma canetada, acabou com uma dúvida que carregava comigo da noite para o dia”...

Ouço algumas gargalhadas... Não sei como o tal assunto começou, mas presto atenção porque no fundo, também tinha aquele sentimento, aliás, eu mesmo poderia ter dito aquilo que o sujeito acabara de dizer.

Viajei um pouco no tempo, quando tinha seis ou sete anos e me preparava para a primeira comunhão. O Colégio “Bom Pastor”, em Chapecó, e a irmã Lucrécia dava as últimas instruções para a turma em uma espécie de sabatina, com direito a perguntas e respostas, era para sanar as dúvidas todas. Cada aluno apontava o dedo, levantava e perguntava. Bueno pensei também vou perguntar, era só para mostrar interesse pela matéria, afinal, naquele tempo a gente sempre fazia o que “eles” ou “elas” pediam, sem questionar muito, ainda mais em se tratando de religião. Aí, imbuído daquela coragem insana dos leigos, digo para a irmã (tudo bem pensado e ensaiado antes, em pensamentos) “se para tomar a comunhão precisamos estar em jejum, então depois de receber a hóstia, devemos continuar em jejum”... A sala toda veio abaixo de riso, a irmã me deitou os dois olhos piedosos e dissimulou um riso observando a irmã Gilda, a diretora que acabara de entrar, e deu a sua explicação... Depois o Renato Breda me deu dois tapinhas nas costas e afirmou que a pergunta tinha sido boa, a irmã que não entendera direito. Nada como ter um bom amigo, na verdade eu queria perguntar se o tempo de jejum antes deveria ser observado depois, quer dizer, o mesmo tempo, enfim...

Aí foi a minha vez de abrir um sorriso, só eu entendi, naturalmente.

A conversa na mesa ao lado ia mais animada do que aquela minha recordação passageira.

O sujeito que falara sobre o limbo deveria ser um humorista, era muito espirituoso com o que parecia uma impertinência da Santa Sé, argumentava com desenvoltura: “ora, vejam bem, se o Papa pode liquidar com o limbo numa canetada, lembro na época que o argumento foi simples, afirmaram que era uma “visão excessivamente restrita da salvação” e concluíram como Deus é piedoso ele iria “querer que todos os seres humanos sejam salvos”, o Papa também poderia dar uma mexida geral, começando com aquela história do “pecado original”, pô! O cara já nasce com uma dívida com os senhores lá do paraíso... Risos... E isso sem contar aquela outra história do “purgatório” que deve ser uma espécie de condenação com juros e correção por nossas falhas espirituais, tais é louco”, concluiu enquanto a turma caia na gargalhada...

Sem humor não vai, por isso não discuto!



quinta-feira, 23 de julho de 2009

Para quem tem problemas com as novas tecnologias como blogs de sites, sites de twitter...

Around the clock

Deu no Claudio Humberto:

"Sarney virou uma espécie de Elvis Presley da política brasileira.Tem gente jurando que não morreu".

Claudio Humberto repercute post do cangablog

A guardiã que nos protege da realidade


A juíza Denise Francoski da 3ª. Vara cível da Capital, que quer censurar o Blog Tijoladas do Mosquito, é a mesma que censurou o livro "A Descentralização no banco dos Réus" (leia o livro na íntegra aqui). Nele o empresário Nei Silva expõe os porões da corrupção do governo Luiz Henrique da Silveira.
A juíza priva a sociedade de conhecer este tipo de sujeira com que objetivo? Nos protege ou protege o governo?
Temos uma guardiã da verdade nos protegendo da realidade! (rimou dá samba)

Fim do diploma gera dúvidas sobre aplicação do direito de sigilo da fonte

Com o fim da Lei de Imprensa, revogada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 30/04 deste ano, o jornalista continua tendo o sigilo da fonte garantido, mas advogados divergem sobre a insegurança jurídica que o fim da exigência do diploma de jornalismo pode causar. “Mesmo sem disposição legal, a Constituição garante o sigilo da fonte diante do exercício profissional, pelo artigo 5º, inciso XIV. Há sigilo profissional para psicólogos, médicos e advogados”, explica Antonio Paulo Donadelli, especialista em Direito Constitucional pela Escola Superior de Direito Constitucional – ESDC. O artigo da Constituição diz: “É assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional”. Leia tudo. Beba na fonte.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Manifesto dos produtores culturais de Florianópolis

Manifesto dos produtores da cena cultural da Capital. Documento endereçado ao Prefeito, e aos vereadores e aos florianopolitanos.

CARTA AO PREFEITO, À CÂMARA MUNICIPAL E À CIDADE SOBRE O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA

Os signatários deste documento, entidades, trabalhadores e militantes da cultura, a propósito da atual discussão sobre o Conselho Municipal de Cultura, resolvem pela presente manifestação ao Prefeito Dário Berger, à Câmara Municipal, ao mundo da cultura e a toda a Cidade:

1. A apresentação da emenda nº. 01/09 ao Projeto de Lei nº. 13.063/2008, que altera a Lei nº. 2639/87, que criou o Conselho Municipal de Cultura, emenda esta proposta pelo líder do governo na Câmara, Vereador Norberto Stroisch, e subscrita pelos vereadores João da Bega da Silveira - PMDB, Celso Sandrini – PMDB, César Faria – DEM, Erádio Gonçalves – DEM e Edinon “Dinho” Rosa – PSB, é incoerente, inconsequente e inconsistente, além de prejudicar a construção de políticas públicas para a cultura em Florianópolis. Leia tudo. Beba na fonte.

O Abraço do Perón e o Beijo da Morte


Circulando nos meios políticos de Brasília um paralelo entre Juan Domingos Perón, ex-presidente da Argentina, e o senador José Sarney, quase ex-presidente do Senado.
Perón, personalista e líder político único não permitia ninguém à sua sombra. Jamais deixou ninguém crescer dentro do partido a ponto de ameaçar sua liderança. Quando surgia alguém com sinais de crescimento Perón tinha uma forma peculiar de matá-lo politicamente.
Aparecia no "balcon" da Casa Rosada, onde fazia os famosos comício paras milhões de seguidores fanáticos, abraçado com o personagem.
A massa que tampouco permitia outra liderança que não fosse Perón, como em acordo não escrito, entendia o recado e matava politicamente o abraçado. O gesto passou para o história como o Abraço do Perón.
No caso do senador José Sarney acontece mais ou menos a mesma coisa. No Congresso Nacional, hoje todos fogem de Sarney e evitam serem vistos ou fotografados com ele. O homem parece um lazarento que traz doenças e azar para todos.
Ser beijado por Sarney, então, seria selar definitivamente a morte política. A atitude da senadora Ideli, que aparece beijando o senador na boca, está entrando para a história como o Beijo da Morte.

Ideli: de ativista pelas liberdades a censora de imprensa

A senadora Ideli Salvati está escrevendo uma triste biografia política no Senado Nacional. De ferrenha defensora das liberdades democráticas e ativista contra a corrupção, em pouco tempo de poder, se transformou em defensora de corruptos como o presidente do Senado José Sarney e Renan Calheiros além de censora de imprensa.
Ao pedir o fechamento do blog Tijoladas do Mosquito a senadora mostrou que o tempo ao lado de bandidos a contaminou e fez com que seus princípios de liberdade e honestidade se prostituisem. Princípios no balcão!


Excândalo sexual derruba embaixador paraguaio no Chile



Um escândalo sexual envolvendo o embaixador paraguaio no Chile terminou com a renúncia do diplomata, dias antes de um encontro oficial entre o presidente Fernando Lugo e sua colega Michelle Bachelet. Armando Espínola, um ex-senador liberal radical, havia recebido suas credenciais do presidente paraguaio, Fernando Lugo, na semana passada. Poucos dias depois vieram a público, através do tablóide paraguaio Diário Popular, fotos dele com o torso desnudado e em companhia de várias mulheres.
Leia matéria completa. Beba na fonte.

Ignorância de juíza julga, censura e cria confusão


Causando espécie e barrigadas de risos nos meios jornalísticos e blogueiros da cidade a decisão da Juíza de Direito da 3ª Vara Cível, Denise de Souza Luiz Francoski, ordenando que o "blog seja tirado do site" (Tijoladas do Mosquito).
No seu texto a juíza demonstra ignorar o mundo virtual e suas ferramentas modernas. Isso só vem deixar mais claro que tipo de gente matém a espada sobre nossas cabeças. Para uma autoridade que tem o poder de julgar pobres mortais isso é um perigo. Mesmo sem saber direito sobre o que estava julgando a juíza não teve dúvidas em acatar um pedido da senadora Ideli Salvati para suspender o blog Tijoladas do Mosquito numa clara atitude autoritária, retrógada e de flagrante censura à liberdade de expessão. Leia e divirta-se com o texto consfuso e hilário da juíza Frankoski. clique aqui

terça-feira, 21 de julho de 2009

Ideli vai fechar (pensa) o blog do Mosquito

Está rolando no Twitter que a senadora Ideli Salvati conseguiu uma liminar para "suspender" o Tijoladas do Mosquito. Pede também direito de resposta a 6 matérias em que é citada no blog.
Acho muito legal e importante a existência do direito de resposta, agora querer censurar ou fechar um blog, isso é coisa de stanilista. Arreda capeta!

Dario se indignou com "calunia" sobre Robert Capa

Canguita.
Eu me lembro de uma passagem do filme "1492", do Ridley Scott, em que um dos personagens ataca Colombo na saída de uma audiência em que o grande descobridor fora atacado/sabatinado. E seu companheiro de conversa comenta: "Olha, se um dia nós dois formos lembrados, será apenas porque estivemos aqui".
Assim, tem sempre gente pegando rabeira na história- dos outros, grandes, audaciosos.
Não é a primeira vez que Capa é atacado por essa foto, por mais um - desconhecido.
Capa cobriu a Guerra Civil espanhola por longo tempo,muitas vezes na frente de combate. Esteve em Omaha Beach no dia D, na frente de combate.Esteve na China durante os combates conduzidos por Mao. E morreu no Vietnã, ao pisar numa mina, acompanhando tropas - na frente de combate.
Nos deixou um legado magnífico.
Além disso, namorou algumas das mulheres mais belas de seu tempo, como Ingrid Bergman.
A inveja mata, e a mediocridade mais ainda.
Dario

Propaganda feita pela bagacerada

"A publicidade consome cada vez mais segundos do programa de televisão dominical do presidente venezuelano, Hugo Chávez, desde que ele se propôs a assumir o controle dos meios de produção do país, seja criando "empresas de produção social" ou confiscando empresas privadas "capitalistas". "Tome refresco de Uvita para ser pai aos 100 anos." "Quem não tem um Vergatario [telefone celular fabricado pela companhia estatal, nacionalizada há dois anos] é um zero à esquerda." "Use o Guayuquito [fralda descartável fabricada pelo Estado] para que o 'carajito' fique mais bonito." Leia matéria completa no El País.