quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Inveja do Xeique

Hoje, passeando pelo centro antigo de Nizza, Avenue Jean Medecin, matei a minha inveja do xeique Mohamed Bin Harrit, aquele mágico marroquino que andou por Florianópolis e deu uma entrevista exclusiva para o pessoal do blog Temperos & Apimentadas.
O xeique falou sobre vários assuntos políticos e mundanos da nossa cidade. Fez previsões tipo:

- Vejo um futuro xadrez para o vice-governador Leonel Pavan

Mas de tudo o que disse uma coisa me matou de inveja: ele andou no metrô de superfície contruido pelo governador Luiz Boceli da Silveira (cadê os R$ 2.5 milhões governador? Isso vai dar cadeia hein?) e disse que esta foi a maior obra do governo do PMDB. Elogiou o conforto e a qualidade do serviço. E eu aqui sem poder desfrutar da relização da maior promessa de campanha do LHS e também do Dário.

Hoje tive a oportunidade de andar em um metrô de superfície de qualidade que imagino seja igual ao nosso daí de Florianópolis. Embora Nizza seja um cidade maravilhosa, preservada, sem monstrengos de concreto como Florianópolis, não tem um metrô de superfície que passe por uma ponte como a Hercílio Luz.

Ah! isso não tem!

Quando chegar de volta vou fazer o mesmo passeio do xeique e comparar os serviços. Sem dúvida o nosso deve ser melhor. Foi superfaturado já na promessa!

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Inveja do Xeique": Caríssimo Canga, hoje estive rapidamente em Nizza via Google Earth, para conferir o metrô de superfície que você faz referência no seu blog.
Na Avenue Jean Medecin, nº 29, em frente a galeria NICETOILE observei o “sujo” traçado que percorre o veículo e as duas estações (pontos de parada) existentes no dois lados dos trilhos.
Minha impressão é que elas mais parecem aquelas paradas de concreto usadas anteriormente como banco de reservas no Estádio da Ressacada, se comparados as nossas aqui de Florianópolis.
Noutro ponto dessa avenida tive também a oportunidade de conhecer o veículo metrô, claro externamente, e uma coisa que me chamou a atenção é que o mesmo trafegava com as “janelas” abertas.
Logo concluí que lá como cá no nosso antigo transporte coletivo também andam desligando o ár-condicionado para economia, afim de proporcionar a "tarifa social".
Nessa rápida visita também me chamou a atenção, que a limpeza pública, a assitência social, e a saúde animal dessa cidade (Nizza)também estão deixando a desejar.
Fiquei impressionado com a quantidade de sujeira e matinho nos trilhos do metrô de superfície na Avenue Jean Medecin, e a quantidade de pedintes nos semáforos, e de animais perambulando.
Gostaria de te apresentar fotos dessa incursão que fiz hoje (28/01/2010) aí por Nizza, mais não consegui inseri-las neste pequeno comentário.
Já de volta a Florianópolis posso lhe atualizar que nossa Ponte Hercílio Luz ja está pronta, e toda a iluminação de natal utilizada na avenida beira-mar, foi, num golpe inimaginável de extrema economia perpetrada por um administrador público, utilizada para o clareamento deste importante ponto turístico dos catarinenses.
Segundo informações técnicas “vazadas” para o “monopólio da informação do sul do Brasil”, este artefato eletrônico exibirá, quando o nosso metrô estiver passando, a palavra inglesa “GO”, viabiliza numa PPP com uma empresa de cartão de crédito. Fruto das inúmeras viagens internacionais custeadas pelos catarinenses.
Tudo licitado, auditado e autorizado pelo nosso glorioso Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina.
Aquelas “paradas” da Avenue Jean Medecin são biroscas quando comparadas as nossas estações climatizadas de Barreiros, do Canto ou mesmo a final, no Ingleses.
Coisa mais linda!
Você terá surpresas quando voltar.


Canga
Interessante comparativo. Para o próximo passeio sugiro um título mais atualizado: "O vovô no metrô", para não desperdiçar a rima.
Na "Temperos & Apimentadas" de amanhã teremos mais uma entrevista exclusiva com o xeique. Fala sobre a Casa da Marlene Rica e outras revelações bombásticas.
Abraços
Schneide

Wilmor Henrique deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Inveja do Xeique": Espero que o figura que está na bicicleta tenha picado a mula da linha, senão virou panqueca!

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Inveja do Xeique": Wilmor, o bonde tá indo e não vindo. Bonde em Nizza tem frente igual à traseira. Nunca viu?
Anônimo Alfa

Um comentário:

Anônimo disse...

Wilmor, o bonde tá indo e não vindo. Bonde em Nizza tem frente igual à traseira. Nunca viu?

Anônimo Alfa