quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

O TJ e a liberdade de imprensa

Interessante a posição do desembargador Eládio Rocha quando falou há pouco no pleno do Tribunal de Justiça à respeito da liberdade de imprensa e da apuração do vazamento de informação no caso Leonel Pavan:

"A imprensa cumpriu o seu papel e fez muito bem feito. Os fatos são de real interesse público. O povo quer saber o que seus governantes estão fazendo. A imprensa agiu com absoluta correção. Não foi veiculada nenhuma informação da esfera pessoal privada dos indiciados. A imprensa não cometeu crime algum. Portanto, não há necessidade de nenhuma apuração".

A informação está no blog do jornalista Moacir Pereira que companha o caso in loco.

Nenhum comentário: