quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Leitora denuncia pouco investimento em cultura


Recebi da leitora Aline Graziela o seguinte comentário. Aline já havia comentado no post Cultura e ogros urbanos, agora foi no site do Tribunal de Contas e achou o caminho das pedras. A prova de que Luiz Boceli da Silveira é pura casca. Faz pose de culto, erudito, mas não passa de um enganador. Na prática não investe em cultura e, durante o seu governo, investiu em cultura apenas em projetos de trambique que renderam dinhero para caixa dois. Lembram do escândalo de desvio de dinheiro no Ballet Bolshoi de Joinville? E cadê os R$ 2,5 milhões do show do Boceli?

Abaixo o comentário da Aline:

Encontrei no site do Tribunal de Contas um resuminho sobre onde vai parar nosso dinheiro.

http://www.tce.sc.gov.br/files/file/acom/para_onde_vai_n6_internet.pdf

Na página 35 iniciam os dados do Seitec (aqueles odiados pelo Muska). Na página 40 tem o resumo dos gastos do fundo estadual de incentivo à cultura. Foram gastos, entre 2005 e 2007, R$ 54.976.020,64. Destes, R$ 132.000,00 foram destinados à Preservação e Conservação do Patrimônio, e R$ 15.000,00 para o Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina. Correspondem a 0,24% e 0,03%, respectivamente, do total gasto. Não houve gasto com conservação do patrimônio em 2006 ou 2007, somente em 2005. A Orquestra Sinfônica de SC recebeu 7 vezes mais que o valor destinado à Preservação e Conservação do Patrimônio. Nada contra a Orquestra, que fique claro. Só comprova que nossos governantes gostam mais de badalar, de dar showzinho, do que de preservar nossa cultura, nosso patrimônio e nossas belezas

Nenhum comentário: