quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Cacau Menezes: quando a fama atrapalha

 Conheço o jornalista Cacau Menezes há muitos anos. Trabalhamos juntos no DC e sempre nos demos bem. Quando soube da cirurgia que havia feito em SP fiquei preocupado. Liguei para ele duas vezes. Não obtive resposta mas deixei recado desejando boa recuperação. Mais tarde Cacau me ligou agradecendo as ligações. Estava emocionado. 
Um tranco sempre nos deixa mais sensíveis. Também devia estar com um restinho de anestesia pelo sangue...ehehehe.
Ontem à tarde nos encontramos na Osmar Cunha. Eu estava entrando no auto quando fui chamado pelo Cacau que caminhava pela calçada. Nos abraçamos e logo Cacau me mostrou a cicatriz da cirurgia que fez que começa no umbigo. Quando íamos começar a conversa chega um casal, ela gaúcha, e pede para fazer uma foto. Com o Cacau, é claro.
Logo enseguida outra mulher veio cumprimentá-lo e dizer que é sua leitora diária. Ao mesmo tempo um carro passa e buzina cumprimentando o jornalista. Naquelas alturas eu já estava pensando que era comigo, afinal também sou meio famoso.
Para completar, uma baita camionete preta para na rua e o motorista grita: - E aí Cacau!!!!
Ao que Cacau responde: - Tax com o dinheiro heim?
Era o radialista Miguel Livramento. Como a camionete era alta demais só vi o topete e as mãos do Miguelzinho ao volante.
Bem, quando íamos engatar a conversa toca o telefone do Cacau, logo em seguida o meu. Daí fomos nos afastando, cada com seu telefone ao ouvido, e fazendo gestos com as mãos  tipo: depois a gente continua a conversa...que não houve.
A fama às vezes atrapalha! Eu sinto isso!

Nenhum comentário: