domingo, 28 de novembro de 2010

Pavan promove Trenzinho para Cancún

 E bota alegria nisso ! Duas semanas na paradisíaca Cancún (México) faz a alegria de qualquer um. Mais ainda quando é com dinheiro do povo. Com diárias de US$ 300, um grupo de funcionários públicos, escolhidos a dedo, já estão em Cancún para participar da COP-16 (16ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima). 
Segundo Rafael Martini, do Visor, todas as despesas são pagas pela viúva, o Tesouro do Estado. Vão tirar do bolso do contribuinte cerca de US$ 65,6 mil.
Interessante também de ler lá no blog de Jeferson Baldo, assessor de imprensa do gabinete do Pavan, que: "O governo dá transparência às atividades da comitiva através da ida de um jornalista (Jeferson Baldo, assessor de imprensa do gabinete do governador) que manterá o Estado a par das atividades da delegação no México".

É de rir para não chorar! O Baldo também está no trem!
Vai fiscalizar a participação dos 16 integrantes da comitiva catarinense na conferência que é bem puxada. Segundo ele, é trabalho diretos das 10hs da manhã até às 21hs. Diariamente. Ufa!!!!!
Imagino que tenha algum técnico da área ambiental na comitiva. Pessoas interessada no assunto e que devem ter este tipo de oportunidade para se atualizar e trazer para SC informações apuradas sobre os fenômenos climáticos. Porém duvido que os 16 participantes sejam da área. Duvido que sejam técnicos em climatologia.
Segundo o Martini, do DC, até o governador Pavan teria se assustado com a lista de 41 nomes apresentada para participar da conferência e mandado reduzir o número de turistas com medo da imprensa. 
O guia da excursão parece que é o secretário de Articulação Internacional Vinícius Lummertz. Se ganhasse comissão da agência de turismo pelo número de viajantes teria feito a mala.
Cancún é? Tomara que chova!

Augusto J. Hoffmann deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Pavan promove Trenzinho para Cancún":
Sérgio,
Depois de tanto "esforço", aprimorando a lei ambiental especial em SC, motivo de uma ADIN no STF, é curioso ver tanto empenho do governo barriga-verde pela sustentabilidade.
Da Mata ciliar de 5 metros, uma piada e afronta a lei federal, ao apoio explícito do setor imobiliário, na última campanha eleitoral, talvez queiram ensinar ao ambientalistas do mundo como se faz para "avançar" na questão ambiental, criando lei especiais, com amplo apoio para os violadores do nosso patrimônio natural. 

Nenhum comentário: