sábado, 29 de janeiro de 2011

Dinastia Castro prende Guillermo Fariñas, de novo.

O dissidente cubano Guillermo Fariñas voltou a ser preso em Havana. Fariñas foi preso e solto pelo terceiro dia consectivo. Desta vez acabou internado em um hospital com fortes dores no peito. Guillermo Fariñas, psicólogo e jornalista independente tem 49, tem dedicado sua vida a protestar contra o regime de terror da família Castro. No ano passado fez uma greve de fome que durou 4 meses, quando pedia a liberdade de pesos político doentes em Cuba. Leia mais. Beba na fonte em espanhol.

2 comentários:

J.L.CIBILS disse...

É esta encrenca que o governo Brasileiro mantem relaçoes "mui amiga"?
Que coisa, se a cambada de comuna e petezada acha isto uma maravilha, façam as malas e se mudem de mala e cuia para esta ilha "maravilhosa.
Defender assassino e acobertar envio ilegal de pessoas que pedem azilo de volta a cuba, isto nao é crime?
Que governo de merda?
Falam tanto em condenar o direito a propriedade, ao regime vigente no Brasil, se mudem, pessam um lugarzinho no governo do cachorro "huguito",derrepente a ilha mauzoleu ja esta cheio, nao comporta mais uma fabrica de favelas, pessam arrego pro indio mascador de folhas?
Talvez de um paco de terras pra lotear pros "amigos".
Brasil, o unico pais da America Latina, que nao cosenguiram dar golpe e se depender nunca mais.
No resto ainda perdura este ranço de golpes e assassinatos um atras de outro, virou rotina.

Anônimo disse...

Enquanto isso, numa ilha mais ao sul, uma escola de samba tece loas à nobre dinastia!
Ale