sexta-feira, 8 de abril de 2011

Começa a desmoronar a farsa do governo Luiz Henrique

Por Sérgio Rubim

Toda a imagem criada pelo ex-governador Luiz Henrique da Silveira começa a ser destruida e a mostrar a sua verdadeira face. Este blog, durante todo o governo do PMDB, denunciou diariamente os factóides, as mentiras e as enganações que Luiz Henrique publicava na imprensa atrelada ao seu governo por verbas publicitárias.
Agora, não é o Cangablog que denuncia e mostra a verdadeira farsa montada pela quadrilha que dilapidou Santa Catarina e mentiu para os catarinenses por oito anos. Quem começa a denunciar isso são os próprio aliados de Luiz Henrique da Silveira. O próprio Diário Catarinense, parceiro de Luis Henrique nesses oito anos, agora publica diariamente denúncias de falcatruas, corrupção e desvio de dinheiro público no governo peemedebista.

Ainda ontem, na coluna de Moacir Pereira o ex-aliado Serafim Verzon (PSDB) afirma: “Nos últimos anos, o governo do Estado não investiu nada em assistência social. O governador tem razão em reclamar. Não há uma política de assistência no Estado. Nem um sistema integrado com o governo federal. Agora é que estamos elaborando um programa para Santa Catarina”
Para que foi criado o tal Fundo Social então? Um fundo vinculado diretamente ao gabinete do governador que desapareceu com mais de R$ 300 milhões que seriam para a assistência social. Era, na verdade, um fundo eleitoral.

SDR's
Tinha razão o governador Raimundo Colombo, quando ainda não era aliado de Luiz Henrique, ao dizer que as Secretarias Regionais eram meros cabides de emprego. Mais tarde se desmentiu mas agora volta a sua constatação original.
No DC de hoje, Raimundo Colombo simplesmente começa o desmonte das SDR's. Vejam o que diz o atual governador: "(...) A idéia é de que elas sejam agências regionais de desenvolvimento. Não quero que elas sejam executoras de obras. Se isso agilizar, pode até ser feito, mas a idéia é que elas identifiquem a obra, acompanhem, sejam fiscais do governo, mas que a execução não seja responsabilidade delas. Porque elas não têm estrutura para isso. Isso não é centralizar a execução, porque, na verdade, o Estado contrata, não executa mais nada. A ideia é que o contrato seja feito aqui, onde tem uma estrutura mais preparada".

Arena Multiuso
Ontem foi o ex-aliado Marcos Vieira (PSDB) quem levantou suspeitas sobre os procedimentos do governo Luiz Henrique em relação à polêmica obra da Arena Multiuso de Canasvieiras.

- A Arena Multiuso de Canasvieiras deveria ter sido construída e contratada pela Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte e “inexplicavelmente” foi licitada e executada pela Secretaria de Desenvolvimento Regional, na época comandada pelo engenheiro Valter Galina, do PMDB.Ainda na audiência pública da Arena Multiuso de Canasvieiras convocada pela deputada Angela Albino outro ex-aliado de Luiz Henrique detona comportamentos suspeitos do governo anterior.

Desta vez foi o presidente do Sapiens Park, Saulo Vieira. Segundo o pemedebista histórico e parceiro de todas as horas de LHS "O terreno do Sapiens Park para a Arena não foi doado. Foi expropriado. O governador desapropriou a área. Até hoje o Sapiens não recebeu o dinheiro da desapropriação".

Como vocês podem ver caros leitores, tudo o que o Cangablog e outros blogs independentes denunciaram durante os oito anos de desmonte de SC não eram meras perseguições ou briguinhas partidárias. Começam a aparecer agora na boca dos que fizeram parte do governo. E muita coisa ainda está por vir.

Reafirmo aqui: O governo Luiz Henrique da Silveira foi o pior governo que Santa Catarina já teve. Um governo mentiroso e inoperante. Que obra LHS deixou para Santa Catarina?


Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Começa a desmoronar a farsa do governo Luiz Henriq...": Caro Jornalista, acho que tem muita coisa para aparecer ainda. Fala-se na "rádio corredor"(e eu não dúvido) de muita negociata na ante-sala do ex-governador. Engraçado que até hoje não se chegou em questões envolvendo tráfico de influência, advocacia administrativa, lobby, propina para concessão de benefícios, etc. Parece que para a grande mídia, crime é apenas "super faturamento". A investigação de alguém que ocupa cargo público (eleito ou de confiança) deveria se dar da seguinte maneira: um funcionário que ganha um salário de R$ 8.000,00 não pode ter uma lancha de R$ 1 milhão?! É incompatível salvo se tiver outras fontes de renda. Então, ou esse funcionário explica como conseguiu a façanha ou expropria-se o bem e processo criminal. Sumariamente. Estou errado? Ia ter muita gente desistindo de ser Secretário de Estado! Pode apostar! 


Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Começa a desmoronar a farsa do governo Luiz Henriq...": Parabéns Canga pela denúncia constante da maior farça política e do pior Governador que SC já teve. São muitas irregularidades e mentiras num só governo: educação zero, sáude zero , segurança zero, transportes zero, arenas zero, aeroportos zero, convênios perdidos, corrupção ... Deve ter aprendido naquela cartilha das 15 mentiras feita pelo publi Wilfredo. Mais o estrago já foi feito, inclusive com sua eleição ao Senado juntamente com o farsante Bauer. O pior, que dá ânsia, é ver ele e seus asseclas Gallina e o viajante Lummertz posando de bom moço por aí...
Marinho Weiss 


Augusto J. Hoffmann deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Começa a desmoronar a farsa do governo Luiz Henriq...": Na área ambiental, LHS jogou SC no fundo do poço, entre pérolas e pepitas de ouro,com as APPs de 5 metros. Foi um cabo eleitoral, puxando agricultores e a especulação imobiliária. Já as SDR, em síntese, chamam os prefeitos municipais de bananas. Chefe de executivo, quando precisa de recursos, vai em Floripa, direto na fonte, sem atravessadores. Essas "estruturas" funcionaram como um cabidão de emprego e depósito para malandro de toda a sorte, todos com o intuito fisiológico: nesse sentido, LHS tem muito o que se orgulhar. Deu certo, se elegeu senador e deixou um sócio, na governança. E como a dança do cachorro atrás do rabo, recemeçou tudo agora, a dança das cadeiras, a mamata e as tetas. Haja impostos! 

5 comentários:

Augusto J. Hoffmann disse...

Na área ambiental, LHS jogou SC no fundo do poço, entre pérolas e pepitas de ouro,com as APPs de 5 metros. Foi um cabo eleitoral, puxando agricultores e a especulação imobiliária. Já as SDR, em síntese, chamam os prefeitos municipais de bananas. Chefe de executivo, quando precisa de recursos, vai em Floripa, direto na fonte, sem atravessadores. Essas "estruturas" funcionaram como um cabidão de emprego e depósito para malandro de toda a sorte, todos com o intuito fisiológico: nesse sentido, LHS tem muito o que se orgulhar. Deu certo, se elegeu senador e deixou um sócio, na governança. E como a dança do cachorro atrás do rabo, recemeçou tudo agora, a dança das cadeiras, a mamata e as tetas. Haja impostos!

Anônimo disse...

Parabéns Canga pela denúncia constante da maior farça política e do pior Governador que SC já teve. São muitas irregularidades e mentiras num só governo: educação zero, sáude zero , segurança zero, transportes zero, arenas zero, aeroportos zero, convênios perdidos, corrupção ... Deve ter aprendido naquela cartilha das 15 mentiras feita pelo publi Wilfredo. Mais o estrago já foi feito, inclusive com sua eleição ao Senado juntamente com o farsante Bauer. O pior, que dá ânsia, é ver ele e seus asseclas Gallina e o viajante Lummertz posando de bom moço por aí...
Marinho Weiss

Anônimo disse...

Tive oportunidade de exercer um cargo de chefia no período LHS, porque queria pelo menos tentar fazer uma administração técnica, voltada para o que a sociedade realmente precisa. Impossível, as forças ocultas que financiam o Governo não permitem. O governo LHS e este que vai no mesmo rumo, só faz de conta que administra e o marketing transforma irresponsabilidade em realizações. O Fundo Social é uma verdadeira vergonha. Milhões de Reais distribuidos politicamente enquanto hospitais não podem atender por falta de manutenção. Foi criminoso. Onde anda o Ministério Público.
Roberto Scalabrin
Ex-Diretor de Transportes do DETER

Anônimo disse...

Caro Jornalista, acho que tem muita coisa para aparecer ainda. Fala-se na "rádio corredor"(e eu não dúvido) de muita negociata na ante-sala do ex-governador. Engraçado que até hoje não se chegou em questões envolvendo tráfico de influência, advocacia administrativa, lobby, propina para concessão de benefícios, etc. Parece que para a grande mídia, crime é apenas "super faturamento". A investigação de alguém que ocupa cargo público (eleito ou de confiança) deveria se dar da seguinte maneira: um funcionário que ganha um salário de R$ 8.000,00 não pode ter uma lancha de R$ 1 milhão?! É incompatível salvo se tiver outras fontes de renda. Então, ou esse funcionário explica como conseguiu a façanha ou expropria-se o bem e processo criminal. Sumariamente. Estou errado? Ia ter muita gente desistindo de ser Secretário de Estado! Pode apostar!

Anônimo disse...

8 anos de perda total pelo governador Luiz Henrique. Será preciso 10 anos no mínimo para voltarmos a condição menos pior antes de seu governo. E pior ainda este sugador do dinheiro catarnense foi para o SENADO, o povo catarinense pagou e continuará pagando enquanto fecharem os olhos e continuar votando para políticos carniceiros.