segunda-feira, 18 de abril de 2011

Presidente do Badesc desmente "Trem da Alegria"

Recebi do atual presidente do Badesc, Nelson Santiago, explicação sobre post publicado aqui com o título "Badesc promove Trem da Alegria"
Conheço Nelson Santiago de Blumenau. Trabalhamos juntos no Jornal de Santa Catarina. Excelente profissional e colega de trabalho. Antes de assumir o Badesc Nelson Santiago trabalhou com o prefeito João Paulo Kleinubing. 
Nelson Santiago foi o primeiro integrante de governo a se dirigir diretamente ao Cangablog contestando uma publicação. Nos mais de quatro anos deste blog denunciando o governo factóide de Luiz Henrique da Silveira nenhum integrante do governo denunciado respondeu diretamente ao blog. Sempre buscaram caminhos transversos para se justificar. Geralmente as colunas políticas do DC. 
Gostei!

Abaixo o desmentido do presidente do Badesc:

Caro Canga, boa tarde.
 Li a nota no seu blog a respeito do suposto 'trem da alegria' do Badesc, denunciado pelo Senhor Paulo Soares, ou seja lá quem escreveu aquela asneira. Na verdade, não se trata de uma asneira, e sim de mentira maldosa. O Badesc, através de decisão de sua Diretoria Colegiada, após consulta à assessoria jurídica da casa, decidiu pela legalidade e legitimidade do Plano de Carreira do banco, que está sendo cumprido. Trata-se de um instrumento criado em 2005, com aprovação à época da Procuradoria Geral do Estado e do Comitê de Política Financeira.

O Plano não prevê, em momento algum, a transposição de funcionários concursados em cargos de nível médio para funções (e salários) de nível superior. Isso é uma mentira deslavada. O que ele prevê é a progressão funcional e salarial dentro de um mesmo nível. Ou seja, funcionários concursados em nível médio e hoje classificados como Técnicos de Fomento A (início de carreira), podem ascender a B (também em nível de formação média). E os Técnicos de Fomento nível C (com formação superior e que fizeram este concurso específico) podem progredir para o degrau seguinte da carreira superior, que é o D.

Todos os funcionários que estão se habilitando ao benefício são concursados e estão no banco há pelo menos cinco anos. Têm que preencher requisitos como formação, tempo de casa e avaliação positiva de seus superiores diretos e de um comitê de Recursos Humanos. Não há 'apaniguados' ganhando qualquer benesse simplesmente por serem filhos, pais, tios, primos ou amigos de quem quer que seja. Não é assim que as coisas funcionam por aqui.

Inclusive, Canga, convido você ou quem quer que tenha interesse para vir até aqui conhecer pessoalmente os detalhes do processo, que é público e transparente.

Atenciosamente,
 Nelson Santiago
Presidente do Badesc

Comentário:

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Presidente do Badesc desmente "Trem da Alegria"": Bom dia a todos,
Asneira é o que o atual presidente do BADESC fala ao tentar se justificar.
Como se o Banco fosse uma seriedade só.
Muitas pessoas estavam até pouco tempo mamando gordas funções gratificadas sem mesmo serem funcionários do BADESC.
É claro que ele vai dizer que ainda não estava lá quando isso acontecia. Ou será que ainda acontece?
E ele só "está" como presidente por ter vínculo político e não por ser capacitado para tal.
E tu Canga, que eu leio todos os dias, eu disse todos os dias, poderias publicar a resposta do presidente sem o seu sofrível comentário de amigo.
Continuarei lendo seu blog, apesar de não ter concordado com seu comentário.
E viva a demoracia!!!
Anônimo 


Cangablog: Querido leitor anônimo, o comentário que fiz não foi sofrível e muito menos de amigo. Comentei que fui colega de trabalho e fui justo na minha avaliação quanto ao desempenho profissional Nelson Santiago. Espero que continues a me ler todos os dias, mas todos os dias mesmo!
 
Caro Jornalista,
Acabo de ler a explicação do presidente do Badesc em teu blog, acerca do Trem da Alegria.
Cheguei a algumas conclusões óbvias:
1. O Cangablog é muito lido.
2. Pessoas íntegras na condução da coisa pública dão satisfações aos contribuintes.
3. Existe mais de um Diário Oficial em SC.
4. Os blogs, assim como os jornais, podem procurar a verdade ou escondê-la.
5. Vale a pena tua luta.

Abs, Marcos Bayer.


Cangablog: Caro Marcos, a atitude dos políticos não respondendo diretamente aos blogs faz parte de uma visão atrasada da imprensa hoje. Preferem os órgãos "oficiais" para justificar as denúncias. Nunca respondem diretamente. Não imaginam a força e o alcance dos blogs hoje. No caso do presidente do Badesc, Nelson Santiago, é jornalista e informado. Como sabe o que está fazendo vem com uma resposta direta e transparente.  Transparência é o que falta aos outros. Porque tem coisas a esconder.

Um comentário:

Anônimo disse...

Bom dia a todos,

Asneira é o que o atual presidente do BADESC fala ao tentar se justificar.
Como se o Banco fosse uma seriedade só.
Muitas pessoas estavam até pouco tempo mamando gordas funções gratificadas sem mesmo serem funcionários do BADESC.
É claro que ele vai dizer que ainda não estava lá quando isso acontecia. Ou será que ainda acontece?
E ele só "está" como presidente por ter vínculo político e não por ser capacitado para tal.
E tu Canga, que eu leio todos os dias, eu disse todos os dias, poderias publicar a resposta do presidente sem o seu sofrível comentário de amigo.
Continuarei lendo seu blog, apesar de não ter concordado com seu comentário.
E viva a demoracia!!!

Anônimo