sábado, 22 de outubro de 2011

Da "Primavera Árabe" a "Alice no País das Maravilhas"

    
     Por Laurita Mourão

     Querido amigo Sergio, Grande Canga !

     Queria dividir com você um pensamento que tive agora pela manhã lendo a notícia de que o Presidente Barack Obama retira definitivamente do Iraque até o fim do ano as tropas norteamericanas. Não estou paga para defender nem atacar o que faça esse grande país, os Estados Unidos da América do Norte, mas acho, entretanto, que foi a ação e coragem do então Presidente George W. Bush, tão criticado, de fazer a guerra ao Iraque que deu, entre outros felizes resultados, a agora chamada "Primavera Árabe".


     Petróleo à parte, sempre achei que a idéia, o "leit-motif", dessa intromissão estrangeira no Iraque era tentar democratizar aqueles países do Oriente Médio livrando-os das mãos de tremendos ditadores contumazes em fazerem seus povos sofrerem toda espécie de sacrifícios, restrições e carnificinas. Agora, afinal, que se termina esse trágico e triste conflito começado em 2003, constata-se o alto preço de 4.469 vítimas militares americanas e o gasto de um trilhão de dólares aos cofres públicos norteamericanos. 


     Enquanto isso, aqui no nosso Brasil, o Vereador Rodson Lima (PP) de Taubaté, cidade a 134 quilômetros da capital de São Paulo, afirma publicamente que leva vida de nobre "graças aos cofres públicos" !


     Hospedado, a trabalho, num hotel de luxo em Aracajú durante um encontro com representantes do Legislativo de outras cidades promovido pela Associação Brasileira de Escola Legislativa, confessa que leva vida de príncipe: dispõe de dois motoristas, assessores, celular, assistência jurídica e gabinete com ar-condicionado, tudo custeado pelo dinheiro público, e encantado com os confortos oferecidos pelo hotel de luxo em Aracajú ! Segundo ele "é muita honra que o povo me dá. Eu sou eternamente agradecido. O hotel é de 3 estrelas mas para mim é como se fosse um palácio. Sou de família humilde, fui criado dormindo em esteira no chão, tomando banho em bacia e usando "banheiro" no mato. As autoridades me chamam de "Excelência". Passei de vassalo a uma vida de príncipe."


    Como não compreendê-lo? Inclusive elogiá-lo pois pratica o raro sentimento da gratidão ! Em entrevista à TV Vanguarda, filiada à Rede Globo no Vale do Paraíba, ele se diz eternamente agradecido ao povo de Taubaté que o elegeu. 


    É outro que faz jus e dá realidade à famosa obra de Lewis Carroll (1832-1898) entrando de mãos dadas com "Alice no País das Maravilhas". 


     Muito respeitosamente sua,

    Laurita(Linhares Mourão de Irazabal).

Nenhum comentário: