sexta-feira, 28 de outubro de 2011

A licitação da Celesc

    Causando estranheza nos meios técnico da Celesc o modus operandis da última licitação para contratação de empresas que fazem cortes e religações de energia em todo o estado. Apenas seis lotes foram licitados. 
    Florianópolis, Joinville e Blumenau ficaram de fora. As empresas desses lotes tiveram seus contratos renovados.
    A dúvida é sobre qual critério o diretor comercial da Celesc usou para não fazer uma licitação de todos os lotes.

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "A licitação da Celesc": Sobre Blumenau a resposta pode estar no Facebook
Daniel Hostin.
 

3 comentários:

Anônimo disse...

Derrepente os atuais contratos dessas cidades permitia uma renovação por igual período...

Anônimo disse...

Celesc e Casan o Tribunal de Contas fecha os olhos, sempre foi assim.

O Walmor de Luca ficou sempre sem fiscalização na Casan.

Anônimo disse...

Sobre Blumenau a resposta pode estar no Facebook
Daniel Hostin...