quarta-feira, 9 de novembro de 2011

DECEPÇÃO

    Este comentário foi mandado pelo engenheiro Roberto Scalabrin há 2 dias. Lamentavelmente não consegui postar no dia. Pela sua importância publico agora.
     
Hoje é dia de eleições no CREA em todo o Brasil.

    Inexplicavelmente, se considerarmos que a categoria dos engenheiros deveria reunir pessoas pelo menos medianamente inteligentes, os profissionais não podem votar no escritório do CREA mais próximo ao seu local de trabalho ou residência.

    Eu, por exemplo, moro no Estreito, trabalho no Centro, e somente poderei votar na Sede do CREA, no Itacorubi, quando a Inspetoria fica a pouco mais de 5 minutos a pé do meu escritório.

    Resultado: NÃO VOTAREI

    Parabens ao CREA, atual Diretoria, à Comissão Organizadora das eleições e especialmente a todos os candidatos, por terem permitido essa barbaridade de estabelecer local específico para votação e ainda sem possibilidade de escolha pelo profissional.

    Parabens pela moderníssima ferramenta colocada a disposição da democracia. Somente a Naníbia faria melhor.
     Some-se que os candidatos sequer avisaram os seus possíveis eleitores da nova modalidade.

Muito inteligentes.
Engº Civil Roberto Scalabrin

Fernando deixou um novo comentário sobre a sua postagem "DECEPÇÃO": Só para termos uma comparação: o CRA manda para a casa do inscrito uma carta com a sua senha para, no dia da eleição, acessar o site e votar eletronicamente. Bem mais civilizado, no meu entender. 

Jose Henrique Orofino da Luz Fontes deixou um novo comentário sobre a sua postagem "DECEPÇÃO": Como Engenheiros, os "senhores da tecnologia" somos obrigados a conviver com o sistema arcaico de votação em local determinado. Tem razão o colega em reclamar, no entanto o sistema eleitoral é determinado pelo Conselho Federal que não admite reformular o sistema com o uso do voto pela internet, qual o motivo? Para que o sistema não se renove, para que os velhos dinossauros continuem no poder, para que as irmandades comandem o processo.
   Como sempre o comparecimento foi uma vergonha. Pleiteamos o voto obrigatório e que seja pela internet onde poderíamos votar a partir de qualquer canto do Brasil.
A desventura do colega do Estreito é bem menor do que a de um Engenheiro, conhecido e atuante, que fez toda sua carreira em Florianópolis e foi determinado pelo sistema do Confea que deveria votar no NORTE DO PARANÁ, pode? O pior. Ele soube apenas no dia da votação. É muita incompetência ou talvez competência para manter os mesmos no poder. 

Nenhum comentário: