sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Leitor comenta influência "empresarial" de Guga

L.A. deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Construtora Hantei paga moradores pobres da Agronô...":

     Tento me conter, ao máximo, para não falar sobre isto, mas aproveitando este comentário das 16:22 que me precede, digo a todos os manés, que o Guga merece todo respeito sim, pela sua carreira esportiva, conquistada mais por esforço e obsessão pessoal já não existe aqui no Brasil a estrutura que os outros grandes tenistas do resto mundo possuem. No entanto meu reconhecimento pelo sucesso do Guga, param por aí, pois, fico apreensivo quando ouço especulações que o Guga pode vir a ser um potencial candidato político por qualquer legenda que venha retribuir melhor os interesses empresariais da família Kuerten. 
    Só os ingênuos, ou cegos, é que não acreditam, que existem influências do prestígio do Guga na aprovação de obras inclusive condenadas ou embargadas como aquele empreendimento absurdo "Águas do Santinho" e outras como um centro comercial no Bairro Santa Mônica que foi o primeiro prédio a fugir da convenção do bairro que não permitia prédios comerciais superiores a 3 andares sem falar na presteza da PMF em construir de pronto um trevo para acesso ao condomínio privado "Roland Garros" na SC 404. Se fosse uma demanda referente a um acesso a qualquer comunidade pobre da cidade, duvido que a coisa acontecia com tanta eficiência. Tomara que eu esteja equivocado nesta minha intuição!

Marcelo Gasparino deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Leitor comenta influência "empresarial" de Guga": quiçá tivéssemos manezinhos com a conduta, dentro e fora da quadra, dele tocando os nossos destinos políticos. Só os ingênuos, ou cegos, não conseguem enxergar a deterioração da nossa sociedade. A história conta que somente a guilhotina funcionou na França do Século XVIII e o Brasil caminha perigosamente na mesma direção do que experimenta o México, com o crime organizado controlando os poderes. Mas o interessante deste Blog é que somos levados a refletir sobre os fatos que afetam, ou afetarão, diretamente as nossas vidas. 


Coronelgreen deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Leitor comenta influência "empresarial" de Guga": Pois é, segundo tomei conhecimento de membro da própria família Kurten, aquele condomínio com acesso exclusivo na Rod.Admar Gonzaga, nada tem a ver com a família . Um empreendimento de outra empresa que apenas utilizou o nome com forma de homenagem ao nosso ilustre manezinho.De qualquer forma, independemente desse fato, o referido acesso permite sim maior segurança aos próprios usuarios da via e bom seria que os tivessem em outros locais, como em frente à Escola Sarapiquá, em frente à Fiesc, em frente à CELESC, à própria Casa Rosa. Alguns já foram feitos naquela via e em muito contribuiram para a melhoria e segurança dos acessos.Assim, tem gente que fala bobagens e fica tecendo picuínhas a respeito dos outros, sequer olhando o contexto das coisas. Obviamente, o ideal será a duplicação daquela via,até o trevo para o Corrégo Grande e um tunel no morro da Lagoa da Conceição.Enfim, navegar é preciso.
Coronelgreen 


Carlos deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Leitor comenta influência "empresarial" de Guga": Pô, o Guga teve participação societária na Hantei em 2006, lá se vão cinco anos. Não entendo porque continuam vinculando ele a essa construtora. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Carlos, o Papai Noel vem dia 25 de dezembro.