sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sonzeira no Ribeirão

Músicos e comunidade da Freguesia afinados                                     para o Floripa Instrumental

Gabriel  Grossi
A comunidade do Ribeirão da Ilha já vive o clima de confraternização musical que o Floripa Instrumental promete para sábado (26) e domingo (27). Se apresentam gratuitamente na Freguesia do Ribeirão o violonista Yamandu Costa com o grupo Ginga do Mané, o gaitista Gabriel Grossi e banda, o lendário baterista Robertinho Silva, o multiinstrumentista Arismar do Espírito Santo e o guitarrista Toninho Horta, um dos pais do Clube da Esquina. Tem ainda Jorginho do Trompete, os acordeonistas Toninho Ferragutti e Bebê Kramer  que serão recepcionados por Guinha Ramires, Cássio Moura, Felipe Coelho, Grupo Metal Brasil e a centenária Banda da Lapa.
Os restaurantes aguardam intenso movimento e as  melhores cozinheiras da região, reunidas no grande salão comunitário da Paróquia Nossa Senhora da Lapa, preparam os ingredientes que farão parte de um banquete destinado a saciar o apetite de quem for curtir os dois dias de música.  Dos torpedos de siri e ostras gratinadas ao risoto de camarão, o festival gastronômico promete. Como se não bastasse, os músicos que farão parte da festa na Freguesia, já adiantaram que tocar naquele local será de uma inspiração “divina”.
Arismar do Espírito Santo, por exemplo, que faz um dos shows mais esperados do sábado, ao lado de Toninho Horta e Robertinho Silva, avisa que não vê a hora de tocar em um lugar “abençoado” como o Ribeirão da Ilha, que segundo ele, tem um povo extremamente musical. “Vamos tocar o repertório de nosso disco, Cape Horn, e também alguns hits, como Beijo Partido e Manuel, o Audaz, de Toninho; e Sonhando Acordado e Vestido Longo, meus”, diz.
O multiinstrumentista também espera encontrar grandes amigos entre os músicos que tocam no sábado, como o trompetista gaúcho, Jorginho do Trompete. “Vai ser genial poder encontrar o Jorginho e todos os músicos que participam desse festival”, lembra Arismar.
O mesmo espírito de confraternização também move o violonista Yamandu Costa, que toca com os músicos do Ginga do Mané. “Estou feliz por poder voltar à Ilha e encontrar todo mundo de novo, em um festival já pode ser considerado um patrimônio cultural da cidade, não é mesmo?”, enfatiza Yamandu, recém saído do estúdio, onde finaliza seu mais recente trabalho.
O violonista adianta que vai tocar duas músicas solo e depois cair no choro com os músicos do Ginga. “Sou um chorão por opção, porque essa é a minha praia, e uma linguagem que todo músico brasileiro deve dominar”, diz. Radicado há 10 anos no Rio, Yamandu conta que está finalizando um disco só com composições próprias, que estão sendo mixadas em um estúdio no Rio Vermelho, no Norte da Ilha.
Para Zito Nerto Fraga, coordenador do Conselho Pastoral Comunitário da Paróquia, a população do Ribeirão, verdadeiros anfitriões da festa, já está mobilizada para acolher o público e fazer novamente do Floripa Instrumental um momento mágico e inesquecível para a cidade.
Ele lembra que a Banda da Lapa, entidade fundada há 115 anos no Ribeirão, e que encerrará o evento no domingo, está contagiada pela alegria e as parcerias que o festival proporciona. Com um trabalho comunitário e cultural muito bem estruturado na região, a Banda da Lapa conta com aproximadamente 25 instrumentistas das mais diversas idades, dos 10 aos 60 anos - e procedências, acolhidos no Ribeirão. “Não quero arriscar, mas diria que o Floripa Instrumental, de tantas nuances musicais e com tantos músicos de primeira linha, pode acabar em carnaval, nas mãos dos nossos músicos da Banda da Lapa”, diverte-se Zito.

 PROGRAMAÇÃO

Sábado  26  de Novembro
15h – Felipe Coelho e Bruno Moritz
17h – Ginga do Mané convida Yamandu Costa
19h – Gabriel Grossi e banda
21h  - Toninho Horta, Arismar do Espírito Santo e Robertinho Silva
23h – Grupo Metal Brasil, Cássio Moura Trio e Jorginho do Trompete
24h – Jam Session
 
Domingo 27  de Novembro
17h – Guinha Ramires convida Ronaldo Saggiorato e Pedrinho Figueiredo
18h – Toninho Ferragutti e Bebê Kramer.
19h – Banda da Lapa

  Mais informações Dfato Comunicação Duda Hamilton  (48) 9962.1257

Nenhum comentário: