segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Um Ribeirão Musical

Arismar, Robertinho Silva e Toninho Horta
 Pelo menos 2 mil pessoas assistiram as atrações do Floripa Instrumental em dois dias da mais pura celebração musical na Freguesia do Ribeirão da Ilha, com participações de músicos daqui, de lá e de acolá, como Toninho Horta, Gabriel Grossi, Robertinho Silva, Ginga do Mané, Yamandu Costa, Guinha Ramires, BB Kramer, Jorginho do Trompete, Cássio Moura e Arismar do Espírto Santo, entre muitos outros .
Felipe Coelho e Bruno Moritz abriram o evento em um show afinadíssimo, na praia.  Ao mesmo tempo, na frente da secular igreja do Ribeirão, passava o som Toninho Horta, Arismar do Espírito Santo e Robertinho Silva, prenunciando o excelente show que fecharia a noite, quando ocorreu um diálogo perfeito entre o trio e o público que lotou o Largo da Freguesia.
No sobe e desce da praia para a praça, o Ginga do Mané recebeu Yamandu Costa, num show de fazer o público aplaudir em pé, e pedir mais do que bis. Assim, Yamandu se consagrou como o embaixador do Floripa Instrumental.
O fim de tarde foi cinematográfico, com o festival em peso assistindo ao show do talentoso Gabriel Grossi e banda, enquanto caía a tarde em tons de vermelho que só no Ribeirão existem.
A programação do primeiro dia fechou com um show primoroso de Jorginho do Trompete, Cássio Moura Trio e Grupo Metal Brasil, seguido de uma Jam Session que reuniu no palco Robertinho Silva, Arnou de Mello e o multiinstrumentista Arismar do Espírito Santo, que já deixou sua marca de alegria e talento na Banda da Lapa com sua oficina gratuita. E foi no domingo que a centenária Banda da Lapa fechou o evento que já provou que tem público e visibilidade para ocorrer anualmente. 

Nenhum comentário: