terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O que eles fizeram?

    Por Jaison Barreto   

    Quando a Marize Lippel  telefonou pra casa da Ligia em Rio do Sul dizendo que estava sendo presa em Florianópolis, Adolfo, Ligia e Dario de Almeida Prado, já tinham saído de Rio do Sul à caminho de Lages.
     Eram 3 horas da manhã quando bateram à porta da casa da Maria Shirley Baggio Donato, da equipe do Dirceu Carneiro.
     Agasalhados e mais tranqüilos,  puderam descansar por algumas horas.
     Tinham fugido de Florianópolis e atravessado o Médio Vale do Itajaí, por estradas vicinais e com fome e frio, já sabiam que a policia estava em sua perseguição.
     Ilson Chaves, assessor de imprensa da prefeitura de Lages, os levou para o seu sítio na localidade de Índios, onde sua mãe já os aguardava.
     Lá permaneceram por alguns dias, até que o Wedequin e o Kuster os vieram buscar.
     Dário Prado tinha retornado à Florianópolis.
     Tudo muito simples e trágico.
     O nome destes jovens que foram presos e julgados eram: Ligia Giovanella, Adolfo Dias, Rosângela Koerich, Marize Lippel, Hamiltom Alexandre, Geraldo Barbosa, Newton Dias Vasconcelos.O que teriam feito de tão grave pra mobilizar a Policia Federal o SNI,  e as mais altas autoridades da República?
     Teriam roubado cinqüenta e um milhões dos cofres da Celesc?
     Desviaram recursos da Casan pra campanhas eleitorais?
     Tinham enriquecido publicitários, com propagandas eleitorais enganosas?
     Algum deles, estava recebendo pensão vitalícia indecorosa,  por nove meses de mandato de governador?
     Qual deles tinha se aposentado com atestado falso de doença incapacitante na Assembléia Legislativa de SC?
     Quem deles, contratou ONGS (Organizações não Governamentais ) com discurso de esquerdista, pra fazer coisas que nunca fizeram e com dinheiro público?
     Qual deles deu endereços fantasmas pra receberem verbas pra estimular turismo?
     Qual deles, ou quem deles, ou mesmo os milhares de jovens que enfrentaram a ditadura e os oligarcas, roubaram até os enfeites de árvores de natal?
     Quem deles no uso de mandato parlamentar, virou lobista pra vender empresas no estrangeiro ou pra comprar empresas aqui no Brasil?
     Qual deles, fez caixa dois pra eleger sabidos?
     Quem deles andava posando de sério mas com fortunas no nome de laranjas?
     Quais deles, quase derrubaram a ponte Hercilio Luz?
     Quem revisionista, ou "Serial Killer" pensou em fechar o Celso Ramos, derrubar o Aristiliamo Ramos, ou acabar com a
 ponte Hercilio Luz?
     Chega de perguntas que milhões de brasileiros decentes e patriotas gostariam de fazer.

     Eram apenas jovens sonhadores, idealistas, pensando em construir um Brasil melhor, mais decente e mais igualitário.
     Lutavam por democracia, por liberdade, pelo direito de pensar, pelo direito de discordar, pelo direito de construir.
     Enganam-se os que pensam que eles falharam.
     Essa homenagem simples, uma recordação apenas, é pra dizer trinta e poucos anos depois da “Novembrada”,  que apesar dos nossos desencontros, dos nossos descaminhos, e dos nossos desencantos, faremos ou muitos farão o que o cancioneiro popular diz: Começar de novo
     Vai valer a pena...
     Saudações Democráticas

 Diógenes deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O que eles fizeram?": Muito bom o texto do Senador Jaison Barreto.
Muita gente do mundo social e político de SC está por trás das perguntas dele.
Todos vivendo com dinheiro roubado do contribuinte. Todos especialistas em porra nenhuma. Apenas entendidos em corrupção. Empregados e capachos dos uns dos outros. Todos eles "bregas", maquiados, sem inteligência, sem charme e sem encanto algum. Vazios, sem carisma, sem vitalidade, sem história e sem futuro. Indecentes que só conseguem ter o que têm com dinheiro roubado.
Diógenes, o andarilho. 

2 comentários:

Anônimo disse...

E eles continuam roubando e vivendo com o roubo e nós como ficamos?
Mônica, a de saco cheio.

GWMachado disse...

Estivemos nestas batalhas. Inclusive, aa noite do 30/11/1979, diante do "famoso"!, delegado Eloy Dutra, no Forum, ainda no predio da Ford, como Advogado, defendendo a um menor de idade, preso na manifestacao daquele dia, ate que, no carro do proprio Eloy, pois eu havia sido demitido da Ufsc pela "quadrilha" pan-germanica, nao tinha carro e vivia as expensas de meus Pais, mas, saimos desse ultimo inquirido que defendia ate posta-lo em sua casa, a epoca, ao lado do Tiro Alemao... Algumas de minhas partes nestas nossas longas e duras historias.
Do Geronimo W. MACHADO.