sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

A Privataria Tucana, um livro demolidor

    O meu amigo mineiro Amaury Ribeiro Jr. , que apelidei de Pantaneiro, é considerado hoje um dos melhores repórteres investigativos do país. Trabalhamos juntos no Jornal e Santa Catarina, em Blumenau, em 1988.
    Amaury está lançando um livro demolidor sobre as privatizações tucanas e, principalmente, sobre o envolvimento de José Serra em situações nada republicanas.

    Leia abaixo entrevista com Amaury feita pelo jornalista Eliano Jorge do Terra Magazine.

Livro de jornalista acusa Daniel Dantas de pagar propina a tucanos
  Eliano Jorge

O livro A Privataria Tucana, do jornalista Amaury Ribeiro Jr, anuncia e promete, com documentos, comprovar pagamentos de propinas durante o processo de privatizações no Brasil, num esquema de lavagem de dinheiro com conexões em paraísos fiscais que, de acordo o autor, une membros do PSDB, como o ex-ministro da Saúde e ex-governador paulista José Serra, ao banqueiro Daniel Dantas.
As denúncias chegam às bancas neste fim de semana. No livro e como tema de capa da revista CartaCapital. Em entrevista a Terra Magazine, Ribeiro Jr afirma ter rastreado o dinheiro. "Esses tucanos deram uma sofisticação na lavagem de dinheiro. Eram banqueiros, ligados ao PSDB", acusa. "Quem estava conduzindo os consórcios das privatizações eram homens da confiança do Serra", acrescenta.
"É um saque (financeiro) que eles fizeram da privatização brasileira. Eles roubaram o patrimônio do País, e eu quero provar que eles são um bando de corruptos", dispara Ribeiro Jr. "A grande força desse livro é mostrar documentos que provam isso".
Durante a corrida presidencial de 2010, Ribeiro Jr foi indiciado pela Polícia Federal, acusado de participar de um grupo que tentava quebrar o sigilo fiscal e bancário de políticos tucanos.
Por três vezes, Terra Magazine fez contato com a assessoria de Serra na tarde e no início de noite desta sexta-feira (9) em busca de ouvir o ex-governador de São Paulo a respeito das denúncias. Às 20h, a reportagem recebeu a resposta de que Serra não se pronunciaria a respeito.
Confira a entrevista com o autor de A Privataria Tucana. Beba na fonte.

Nenhum comentário: