terça-feira, 3 de janeiro de 2012

O Grande CARUSO



Esta história foi escrita pelo cantor e compositor italiano, Lucio Dalla, no verão de 1986 e publicado em outubro do mesmo ano no álbum "DallAmeriCaruso".

Lucio
Dalla chegou de navio em Sorrento (Itália) e foi direto para o Grand Hotel Excelsior Vittoria. Disponível apenas num apartamento de luxo, onde o famoso tenor italiano Enrico Caruso, tinha vivido nos últimos dois meses de sua vida e que foram preservados intactos seus livros, suas fotografias e seu piano.

Lucio Dalla soube desta história através de Angelo, dono de um bar no porto de Sorrento. Após ouvi-la, compos a belíssima "CARUSO"
 
Caruso estava doente com câncer na garganta e sabia que seus dias estavam contados, mas isso não o impediu de dar aulas de canto para uma jovem mulher por quem estava apaixonado.

Uma noite muito quente resolveu colocar o piano no terraço com vista para o porto e começou a cantar uma declaração apaixonada de amor e sofrimento.
Sua voz era potente e os pescadores, ouvindo-a, voltaram para porto e ancoraram abaixo do terraço. As luzes dos barcos foram tantos que pareciam estrelas ou talvez as luzes dos arranha-céus de Nova York ...
 
Caruso não perdeu as forças e continuou cantando submergido nos olhos da menina encostada no piano.
 
Naquela noite sua saúde piorou. Dois dias depois, em 02 de agosto de 1921, morreu aos 48 anos em Nápoles, cidade em que nasceu em 25 de fevereiro de 1873.

Esta música conta o drama daquela noite ... com luzes e sombras do passado ... com a morte e vida ...
Um homem doente que olha nos olhos da menina um futuro que não existe mais ...
Uma prova de amor ...
Este foi o seu último concerto ...
E que seu público excepcional ... o mar, as estrelas, os pescadores, os barcos e as luzes de sua amada ..

Nenhum comentário: