quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Morre JAIR FRANCISCO HAMMS

FALECEU ESTA MADRUGADA, NO SOS CÁRDIO, O ESCRITOR E MEMBRO DA ACADEMIA CATARINENSE DE LETRAS, JAIR FRANCISCO HAMMS. 

Um grande homem, sob todos os aspectos...
Fizemos juntos sua última volta de ônibus, no Amarelinho. 
Saindo da Lindacap, desdendo a pé a Felipe Schmidt, até alcançar o ponto de embarque.
No caminho, ele disse: Marcos se tu conheceres mais de cinco pessoas, ganhas um prêmio. Eu reconheci quatro. Era uma sexta-feira ensolarada.
Talvez em Outubro, plena primavera. Do centro fomos até o trevo do Campeche. Ali, ele desceu para encontrar sua mulher que o esperava no carro.
Eu voltei para a cidade. Senti que era uma despedida. 
Ele havia ajudado a sepultar meu pai, em 1971, em Tijucas.
Eu lhe devia, com toda a gratidão, a companhia da última volta.
Seu discurso de posse na ACL é uma das mais lindas e vivas peças da literatura catarinense.
Era a criança aprendendo a conhecer as palavras...
Marcos Bayer

Um comentário:

Anônimo disse...

Canga,

O Jair Hamms passou pela vida pública e não levou nada. Apenas o salário. Em compensação, deu aos outros toda a grandeza que havia que havia em si.
Coisa rara, em Santa Catarina, nos dias atuais.