terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Assembléia Urgente

A nova inovação inovada   
 
    Helen Mira direto da sala das comissões para o Cangablog.
   
   Num rasgo de criatividade e economia de recursos públicos, os nobres deputados Eraldo Mandrino Mandrião e a deputada Sonia Bebassa apresentaram hoje o projeto de lei nº. 01/12, cuja ementa diz: Quem residir em Florianópolis terá direito a embarcação e ou aviação para uso diário. No corpo do projeto está explicado o espírito da lei, baseado em Montesquieu. 
     Não podemos continuar asfaltando calçadas, construindo viadutos e novas pontes. Todo cidadão tem o direito constitucional de ir e vir. Mesmo que seja a pé ou a nado.
Assim, nos termos da igualdade social, todo residente na Capital de SC, terá pelo menos uma embarcação: bote, batera, canoa, lancha, veleiro ou congeneres.
    Os portadores de hidrofobia ou talassofobia poderão optar pelos helicópteros, a exemplo do que fará o Tribunal de Contas, órgão auxiliar desta Augusta Casa. 
    O combustível, em ambos os casos, será por conta da Arrows, cujos débitos ficais ficam isento a partir da vigência desta lei.
    A lei já é conhecida de todos aqui na Assembléia pelo carinhoso nome de Lei do Marujo e do Araujo
    A redatora oficial dos projetos de lei, Dona Augusta, disse que esta é a mais inovadora legislação que ela já elaborou.

Um comentário:

Anônimo disse...

Realmente... e tem gente paga para escrever esses projetos... parabéns conseguiram me surpreender com tamanha besteira.