sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

"Bandidos de toga" derrotados no STF

Calmon: há criminosos de toga

STF mantém os poderes do CNJ

    Por 6 votos a 5 o plenário do Supremo Tribunal Federal STF) decidiu manter a competência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para investigar magistrados, prevista no artigo 12 da Resolução 135/2011 do conselho, que havia sido suspensa na decisão liminar do ministro Marco Aurélio, relator da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4638, em dezembro do ano passado. Votaram a favor da autonomia do CNJ as ministras Rosa Weber e Cármen Lúcia e os ministros Dias Toffoli, Joaquim Barbosa, Ayres Britto e Gilmar Mendes. Os ministros Luiz Fux, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Cezar Peluso apoiaram Marco Aurélio. “Com a decisão do STF a Justiça sai mais fortalecida e próxima do cidadão. Não há vencidos nem vencedores. Ganha a sociedade.”, disse o presidente do Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante. A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) questionava ainda a publicidade das sessões e os ministros optaram pela transparência. “Nenhuma autoridade pode temer o escrutínio público”, disse o ministro Celso de Mello durante o julgamento. (Claudio Humberto)

   Segundo a corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Eliana Calmon, há um "corporativismo ideológico perigosíssimo" nas corregedorias do Poder Judiciário que favorece a infiltração de "bandidos de toga". "O corporativismo é uma visão ideológica. Ideologicamente você parte para defender o Poder Judiciário, e você começa a não ver nada que está ao seu redor. Você não vê sequer a corrupção entrando nas portas da Justiça, porque você acha que, para defender o Judiciário, você tem que manter o magistrado imune às críticas da sociedade e da imprensa".

Rogério deixou um novo comentário sobre a sua postagem ""Bandidos de toga" derrotados no STF": Parabéns para o pessoal que votou a favor do CNJ, lamentável a atitude dos cinco membros que votaram contra.
Até mais,
Rogério
 


Nelson Jvlle deixou um novo comentário sobre a sua postagem ""Bandidos de toga" derrotados no STF": 6 a 5. Por um triz!
Vejam senhores como está frágil a nossa estabilidade democrática e cidadã. O resultado foi uma grande vitória da nossa cidadania. Mas o placar indica que basta um cochilo e...mofaremos todos com a pomba na balaia! 

Nenhum comentário: