quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Casan polui Estação Ecológica de Carijós

    
    Efluentes da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de Canasvieiras lançados no rio Papaquara apresentam quantidades acima do permitido de óleos, graxas, detergentes e fósforos. Por causa disso a Casan recebeu multa de R$ 500 mil do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
   Segundo o órgão federal, a Casan descumpriu as exigências estabelecidas pela lei estadual n° 14.675/2009 e Resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) n° 430/2011. A multa teve como base o artigo nº 62 do decreto federal nº 6.514/2008.
    Os dejetos ou efluentes contaminados da ETE lançados no rio Papaquara chegam até o coração da Estação Ecológica de Carijós. Segundo o chefe da unidade, Sílvio de Souza Júnior, esses poluentes se espalham por outros cursos d’água da principal bacia hidrográfica da Ilha de Santa Catarina, a do rio Ratones. Isso inclui o rio do Brás, que desemboca na praia de Canasvieiras.  Saiba mais. Beba na fonte.
(Daqui Portal de notícias)

Nenhum comentário: