terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Jornalista Ruy Arteche é assassinado

Colega maravilhoso de trabalho, tomamos algumas pela Lagoa quando ainda andava por aqui. Morreu sábado na sua cidade Santana do Livramento. Uma pena.

     Jornalista aposentado, Carlos Ruy Arteche Silveira, 57 anos, foi assassinado na noite de sábado, em Santana do Livramento, na Fronteira Oeste, onde morava. Moradores da Rua Duque de Caxias, no centro da cidade, chamaram a Brigada Militar ao presenciar uma briga em uma casa em construção.

     Quando os policiais chegaram, encontraram o uruguaio Washington David Vellozo Barbosa, 18 anos, que golpeava com uma pá o jornalista. Arteche chegou a ser socorrido, mas morreu às 4h de ontem no Hospital Santa Casa de Misericórdia, onde estava internado. Washington foi preso em flagrante e está no Presídio Regional de Santana do Livramento. A Polícia Civil investigará as circunstâncias do crime.


     O jornalista atuou na empresa Caldas Junior e no Grupo RBS, onde começou como repórter do caderno Campo & Lavoura de Zero Hora, nos anos 1980. Mais tarde, passou ao cargo de editor do caderno, até 1993.


     Assumiu, por um curto período, a editoria de Geral, com passagem também pelo Segundo Caderno de Zero Hora antes de se transferir para o Jornal de Santa Catarina, em Blumenau (SC), e, posteriormente, para o Diário Catarinense, em Florianópolis. Nascido em Santana do Livramento, cursou Medicina antes de optar pelo Jornalismo. (Da ZH)

Nenhum comentário: