quinta-feira, 29 de março de 2012

Dário contrata ilegalmente agência de publicidade por R$ 6.850 milhões

    O prefeito Dário Berger não está de brincadeira. Na sua sanha de permanecer no poder e fazer o seu sucessor, coloca os pés pelas mãos e atropela a tudo e a todos.
    Há poucos dias foi denunciado no Temperos & Apimentadas/Cangablog o uso escancarado do site da prefeitura (fotos e texto) para campanha política no blog do seu candidato Gean Loureiro.
    Agora, através de uma ilegal dispensa de licitação, o prefeito simplesmente contratou a agencia de publicidade OneWG pela bagatela de R$ 6.850.000,00. 
   Os comentários na cidade é que esta contratação na boca da eleição servirá de caixa para turbinar a campanha de Gean Loureiro. Um escândalo!
A imprensa já divulgou que a empresa de publicidade ONEWG será a encarregada da campanha de Gean Loureiro.
    Com esta contratação Dário patrolou a Art. 73, da lei 9504/97 que disciplina gastos de publicidade com dinheiro público em ano aleitoral.
    A publicação da tramóia no Diário Oficial contém algumas malandragens: não consta a assinatura de ninguém (o que é obrigado por lei), começa como contrato e termina como convênio. Para auxiliar o MP e o TCE vide Art. 61 da lei 8666/93.
    Um esculhambação!

...andou para o Ministério Público e para o Tribunal de Contas.

CONTRATO - N. 232/2012 - DOM- N.687 21 de março de 2012 
Objeto: Contratação de agencia de propaganda e/ou publicidade para a prestação de serviços de publicidade e propaganda, correspondentes ao estudo, ao planejamento, à conceituação, à concepção, à criação, a execução interna, a intermediação e a supervisão da execução externa e a distribuição de campanhas de publicidade aos veículos e demais meios de divulgação; à criação e ao desenvolvimento e peças publicitárias para veiculação; elaboração e registro de marcas, expressões de propaganda, logotipos e de outros elementos identificadores, bem como programação visual; execução de ações de consultoria técnica; execução de serviços de promoção, não compreendidos como apoios e patrocínios; e demais serviços inerentes à atividade publicitária, destinados ao atendimento das necessidades de comunicação. Valor: R$ 6.850.000,00 (seis milhões oitocentos e cinqüenta mil reais)
Partes Conveniadas: Prefeitura Municipal de Florianópolis e a Agencia Onewg Multicomunicação Ltda.

4 comentários:

Anônimo disse...

Ajuda a divulgar essa que tá bombando nas redes sociais: http://img842.imageshack.us/img842/2452/onewg.jpg
Valeu!

Anônimo disse...

Canga, essa tramóia vem bem ao encontro as denúncias do seu belo editorial ao lado e com o mesmo personagem, acho eu...Como que esse assalto diário aos cofres públicos não é contido pelo MP, já que do TCE o que esperar? Será que tb estão andando?
Mario

Anônimo disse...

Vai entrar pra história como o prefeito que mais fez rolos na prefeitura! E o dinheiro do Bocelli? Cadë?? Bando de ladräo!

Anônimo disse...

Se eu li direito, o termo de inexigibilidade tem como motivo o show do Vitor e Léo, em SÃO JOSÉ, por 350 mil reais, estando a módica diferença lastreada em qual fundamento para a inexigilidade de licitação?
Perdeu a vergonha, que aliás nunca teve...