terça-feira, 17 de abril de 2012

Caso Nei Silva

Armando Hess diz que não vai recorrer    

    Ministério Público não recorreu da decisão da juíza da 3ª Vara Criminal da Capital - que inocentou Nei Silva do suposto crime de extorsão. 
    Armando Hess, ex- Secretário de Planejamento do Governo Luiz Henrique da Silveira (PMDB), um dos envolvidos na armação de extorsão, afirmou à imprensa que não tem intenção de recorrer.

 

Nenhum comentário: