domingo, 6 de maio de 2012

Saque do governo no bolso do povo








PRODUTOS ALIMENTÍCIO BÁSICOS
Carne bovina


18,63%
Frango
17,91%
Peixe
18,02%
Sal
29,48%
Trigo
34,47%
Arroz
18,00%
Óleo de soja
37,18%
Farinha
34,47%
Feijão
18,00%
Açúcar
40,40%
Leite
33,63%
Café
36,52%
Macarrão
35,20%
Margarina
37,18%
Margarina
37,18%
Molho de tomate
36,66%
Ervilha
35,86%
Milho Verde
37,37%
Biscoito
38,50%
Chocolate
32,00%
Achocolatado
37,84%
Ovos
21,79%
Frutas
22,98%
Álcool
43,28%
Detergente
40,50%
Saponáceo
40,50%
Sabão em barra
40,50%
Sabão em pó
42,27%
Desinfetante
37,84%
Água sanitária
37,84%
Esponja de aço
44,35%

2 comentários:

Anônimo disse...

Canga,

Este saque nem sempre é do governo, muitos empresários, inclusive nos shoppings da cidade, não fornecem nota fiscal.
Os impostos são cobrados do consumidor mas nem sempre recolhidos.
Outro viés é quantidade de desoneração fiscal, chega a beirar 60% da arrecadação anual.

ORRAIO disse...

De qual governo você está falando?
Municipal, Estadual ou Federal?
Que eu saiba os impostos federais são o Imposto sobre a importação, Imposto sobre a exportação, Imposto sobre a renda, Imposto sobre Produtos Industrializados, Imposto sobre Operações de Crédito e Imposto Territorial Rural.
Quando coloca a manga da camisa com as cores da bandeira do Brasil, sugere que o Governo Fedral é o grande arrecadador, e exime a responsabilidade dos prefeitos e governadores.
Não que o Governo Federal seja santo, mas temos que acostumar o povo a cobrar resultado dos prefeitos e governadores, também, que além da arrecadação de seus impostos também recebem os repasses Federais.
E a grande maioria deles é composta de vagabundos, quando não de corruptos, como sempre soubemos e estamos tendo prova agora a partir da CPMI do Cachoeira.