sábado, 21 de julho de 2012

Arquiteto usa matéria do Cangablog e não dá crédito

    O e-mail abaixo foi distribuido pelo arquiteto e urbanista LOURECI RIBEIRO (MOVIMENTO PONTA DO CORAL 100% PÚBLICA - CMAS Câmara de Meio Ambiente e Saneamento do Forum da Cidade) convocando ¨todos os defensores da PONTA DO CORAL 100% PÚBLICA compareçam amanhã, sábado as 10:30h na Ponta do Coral onde faremos uma Reunião Ampliada do MOVIMENTO¨.
     Na sua convocação Laureci Ribeiro usa integralmente matéria de minha autoria publicada no Cangablog em se dar o trabalho de indicar o devido crédito. Este tipo de reportagem exige investigação, tempo, busca de fontes, entrevistas, enfim...é trabalho!
    Apropriar-se de matéria jornalística para uso de propaganda sem dar crédito é o mesmo que apropriar-se de terreno público para uso privado.
 
Prezados,
Segue abaixo mensagem que solicitamos seja divulgada em todas as redes sociais e veículos de comunicação.
PONTA DO CORAL
O castelo de areia começa a cair!!!
Ministério Público Federal abre Processo de Ação Civil Pública e ajuíza processo contra a FATMA e Pede suspensão de Audiência Pública
Ao final anexamos também a noticia de execução judicial da Ponta do Coral pelos funcionários da NOVA PRÓSPERA de Criciúma.
                  Florianópolis, 20 de julho de 2012
Abraços
arquiteto e urbanista LOURECI RIBEIRO
MOVIMENTO PONTA DO CORAL 100% PÚBLICA
CMAS Câmara de Meio Ambiente e Saneamento do Forum da Cidade
 O furo de reportagem dado pelo Cangablog é este:  CSN excuta hipoteca da Ponta do Coral


    Resposta: Prezado jornalista SERGIO RUBIM,
    Frente a mensagem abaixo, que você me enviou e também frente ao seu comentário no CANGABLOG (que segue cópia abaixo), antes de mais nada, quero destacar meu respeito e consideração pelos serviços públicos de informação independentes, éticos e democráticos prestado por jornalistas sérios profissionais em Blogs e Portais de Noticias como o CANGABLOG, DAQUINAREDE, DESACATO, ETEIABLOGSPOT, POBRES&NOJENTAS, TVFLORIPA, RADIOCAMPECHE  e outros poucos veículos nestas bandas do mono-oligopólio da mídia cata-gaúcha.
    Sou militante da causa, da Ponta do Coral, desde as mobilizações de 1980, quando fiz parte da organização do ATO CULTURAL feito no local, contra a venda da área. Na época eu era da turma de estudantes de Arquitetura e Urbanismo da UFSC, que atuou na área e depois veio a se formar como o nome TURMA PONTA DO CORAL.
    Sei do seu empenho profissional e cidadão acerca da Ponta do Coral. Quanto a sua matéria, esclareço que ao veicular noticia sobre a CSN (Nova Próspera), o fiz daquela maneira, inclusive sem as fotos e créditos, por que foi desta forma como a recebi naquele momento. Porem por ter familiar e amigos em Criciúma sei das pendengas patrimoniais e trabalhistas que envolvem a CSN/Nova Próspera, e não duvidei da matéria. A divulguei pela importância de seu conteúdo. Somente após a ter divulgado como noticia, foi que recebi outras mensagens na quais aparecem  foto e cópia de cheque, que não era de meu conhecimento e ainda em algumas dessas não apreciam o seu crédito.

    Caro SÉRGIO RUBIM, você sabe que matéria exposta ao público é infelizmente ou felizmente que nem filho, ao mundo pertence para o bem e para o mal, em detrimento das paternidades, apesar de que ão tenha sido essa a minha intenção. Gostaria de fazer um reparo em sua observação, de toda correta, porem não ao julgar que eu estava fazendo propaganda, pois no meu entendimento eu estava divulgando o conteúdo da noticia, sem qualquer objetivo privado ou escuso, mas sim para o domínio público. 
    Peço-lhe desculpas, por não saber da fonte, porem esta semana que passou, em especial, nós da coordenação do MOVIMENTO PONTA DO CORAL 100% PÚBLICA, e da CMAS-Forúm da Cidade/UFECO, estivemos em mobilizações intensas nas frentes de lutas, nas demandas e apoios às ações do Ministério Público Federal, Estadual e IBAMA, referente a Ponta do Coral, e também nas questões de Crime Ambiental e Contra a Saúde Pública, que está sendo cometido pela CASAN e Prefeitura, na gestão da Política Municipal de Saneamento Básico, e essa agenda fez com que eu não tenha buscado de pronto a fonte da notícia, que nos foi repassada por integrantes das nossas redes de e-mails que participamos.
    Mesmo assim destaco que no nosso veiculo de comunicação oficial, que é o sitio http://parqueculturaldas3pontas.wordpress.com/ sua matéria saiu na integra (e na introdução com os créditos). Isso você e todos podem observar na página do PARQUE CULTURAL DAS 3 PONTAS.
    Feito este esclarecimento, caberá ainda da minha parte fazer o devido reparo, enviando novamente aquela noticia, e desta vez com uma introdução e remetendo ao link ao seu blog. 
    Mas do que nunca nesta semana de importantes embates, que todos nós conseguimos pautar no Ministério Público e que resultou no ajuizamento da Ação Civil Pública do MPFederal Contra a FATA e HANTEI, e a partir desta na solicitação de Liminares contra os procedimentos até aqui adotados pela FATMA, HANTEI e Prefeitura, contra a realização da Audiência Pública do dia 25 de julho, contra a titularidade da FATMA no processo de Licenciamento e, pela investidura do IBAMA como titular neste licenciamento, por isso e pelo seu profissionalismo, pelo papel que seu Blog desempenha na democratização da informação e formação social, não seria nada razoável criarmos qualquer ruído entre nós pares da mesma causa democrática, coletiva e ambiental à favor da cidade saudável e sustentável e, das maiorias absoluta de nossa população. Por isso peço-lhe desculpas e faço estas explicações.
    Na certeza de que a Ação Civil Pública será acatada pelos juizes da Justiça Federal, nos solidarizamos a você e parabenizamos todos envolvidos nesta campanha, solicitando que permaneçamos atentos e mobilizados para os próximos passos de nossa campanha coletiva. 

    Certo de sua compreensão, desde já agradeço a aceitação das minhas explicações e esclarecimentos.

Atenciosa e respeitosamente,
Loureci Ribeiro - arquiteto e urbanista
Militante Voluntário da Reforma Urbana
Membro da CMAS- Forúm da Cidade
 

Um comentário:

Anônimo disse...

Ai é que mora o perigo ao termos que conviver com esses dois extremos - de um lado empresários e de outro lado, gente sem pudor - ninguém é santo - bom propósito, espirito desarmado e grandeza de debate - estamos ferrados com tanta exploração. Também quero me aboletar daquela área, nem que seja um barraco de pescador para servidor aposentado e abrir um boteco