segunda-feira, 2 de julho de 2012

Bife enrolado

    A UFSC, devido à greve no Restaurante Universitário, resolveu fazer uma boa ação: Doar uma montueira de carne (bife) para que não estragasse. Até ai tudo muito legal. 
 
   O problema: Doaram para a Penitenciária de Florianópolis. 
   Só que a cozinha lá é terceirizada, cobra do Estado um valor fixo por cada refeição que se diga de passagem é uma maravilha! 
   Moral da história: Um grupinho seleto de “carcereiros” fez a festa! Dizem as más línguas que levaram carne para família toda. A versão oficial, se colar, é que parte da carne foi para a Colônia Penal de Palhoça (faz parte da administração da Penita) e outra para a associação de funcionários (PUBLICOS). 
    A UFSC já estaria investigando o fato...

3 comentários:

Anônimo disse...

Quase todos os refeitórios mantidos pelo Estado são terceirizados. A UFSC teria feito boa ação se tivesse doado para alguma OnG (séria).

Anônimo disse...

Canga, to muito puto. Li na coluna do Paulo Alceu de hoje no ND a explicação feita pela penitenciária sobre o caso. Falaram que a carne foi para o restaurante dos AGENTES! Se entregaram na minha opinião. Sou Agente, e o almoço e a janta são servidos no refeitório da penitenciária, que é terceirizado e a empresa cobra por refeição. O pior nós recebemos vale alimentação e não é pouco não se considerado que trabalhamos em média 9 plantões por mês e recebemos igual a quem trabalha todo dia e não tem refeitório pago pelo Estado! Pelo amor de DEUS não vamos deixar isso cair no esquecimento. Tem tanta gente passando fome nesse nosso Brasil e tem gente no Estado enchendo barriga de gente que ganha um salário razoável.

Anônimo disse...

Hoje é meu plantão. tinha BIFE no almoço. Só que não era enrolado não, era acebolado! Muito bom por sinal.