segunda-feira, 9 de julho de 2012

OAB: A festinha privada do Paulo Borba

    Na manhã desta segunda-feira foi realizado um movimentado café da manhã na sede da OAB/SC em comemoração ao aniversário do presidente Paulo Borba. O convite partiu do gabinete da presidência da seccional, a pedido do vice-presidente Márcio Vicari (veja convite/e-mail), candidato de situação à sucessão de Paulo Borba. No lauto festim, que foi animado por um saxofonista e realizado em ambiente decorado com balões, houve inclusive discurso. Além do presidente e seu vice, também estiveram presentes conselheiros estaduais e presidentes de comissões da seccional.
    O Sindicato dos Advogados do Estado de Santa Catarina - SINDALEX, que ocupa sala localizada no prédio da OAB/SC, recebeu ordem sumária de despejo na semana passada, firmada pelo presidente Paulo Borba, apenas e tão somente por ter reproduzido em seu blog uma notícia que havia sido veiculada pelo Cangablog (lançamento da pré-candidatura do candidato de oposição no restaurante Lindacap).
   Candidato de situação convidar para festa particular na sede da OAB pode.
Reproduzir notícia em blog, dentro da mais absoluta liberdade de expressão, não pode.
    Muito democrático. 

 
 

14 comentários:

Everaldo Luis Restanho disse...

Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço.

Anônimo disse...

Não há como aprovar a festinha na sede da OAB/SC.
Se a instituição pagou a conta do ágape, está tudo errado. A anuidade mais cara do país não deveria servir para isso.
Se não pagou, significa que as instalações da OAB/SC foram utilizadas para uma festa particular.
Ou seja, de qualquer forma, de qualquer ângulo, de qualquer maneira, ESTÁ TUDO ERRADO!

Anônimo disse...

Como não há almoço gratis, ou seria festa gratis, não custa perguntar, quem bancou o festerê?

Anônimo disse...

Recursos da anuidade, ou quem sabe, da defensoria dativa, de qualquer modo, está tudo ERRADO!

Anônimo disse...

Vergonha !
Pena que os advogados terão de aguardar até novembro para despejar Borba e Vicaria da OAB !

vera husadel dalsenter disse...

Errado e covarde é usar o anonimato para atacar as pessoas. Mostra a cara e o nome aí sim pode ser levado a serio. Desta forma parece despeito.

Anônimo disse...

É o esplendor do continuísmo. Um é filho do desembargador aposentado João de Borba e o outro filho do desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Desembargador Vicari.

Anônimo disse...

Vera,
Eu gostaria de fazer minha festinha lá. Já vi que vc deve ter os contatos.
Marcelo Hudson

Everaldo Luis Restanho disse...

Concordo, Dra. Vera. Por isso me identifiquei, assim como a colega. Embora vários comentários tenham sido feitos por anônimos, concordo com aquele que afirma que está tudo errado. Representantes eleitos devem manter coerência em TODAS as suas decisões.

Anônimo disse...

e os que dependem da defensoria dativa comendo merda como sempre.....

Unknown disse...

Vergonha. Eu aqui no interior do Estado, cobrando probidade dos administradores locais, e a minha classe praticando uma usurpação dessas?

Anônimo disse...

Questões interessantes para a oposição: verificar como é feita a distribuição dos pagamentos da defensoria dativa; em que é gasto os 10% destinados à OAB; se prometer fazer uma devassa neste item vai ganhar votos de muita gente!

Anônimo disse...

Errado, é usar uma instituição como a OAB/SC despóticamente em proveito próprio e de seus apaniguados como faz "Dom Borba".Quando se lida com gente vingativa e inescrupulosa a cautela do anonimato as vezes é justificável e recomendada.

É bom lembrar, a título de ilustração: Na Itália, no combate à Máfia, utilizou-se a figura do juiz anônimo!

Anônimo disse...

Não é a toa que SC possui a anuidade mais cara do Brasil. Serve pra pagar festa pro Rei e viagem pro jovem, velho e ancião advogado à capital federal.

É uma pena que o respeitado advogado Márcio Vicari tenha se tornado um capacho desse Império fajuto cujos dias contados.