sexta-feira, 3 de agosto de 2012

A poluição da Casan

Direção da Casan reafirma que vai lançar efluentes na bacia do Ratones

Presidente da Fatma diz que tratamento terciário dos esgotos vai permitir o lançamento nos rios do Norte da Ilha

   Por Celso Martins
   A Casan não pretende abandonar o projeto de lançamento dos efluentes da estação de esgotos ampliada de Canasvieiras nos cursos d’água da bacia do rio Ratones. A posição da direção da empresa foi apresentada a técnicos da casa e da Prefeitura e a alguns convidados na manhã desta sexta-feira (3.8).
   O encontro foi conduzido pelo diretor de expansão Adelor Vieira e se resumiu na apresentação dos projetos de água e esgoto da Casan para Florianópolis, elaborada por Fábio Krueger, gerente de construções, e Evandro Martins. Em seguida houve pequeno debate.
   Com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina – Sintaema-SC, a Casan iniciou uma ofensiva com dois argumentos: enquanto os sindicalistas enfatizam o risco de privatização, direção e técnicos apresentam os projetos que dependem dos recursos de pouco mais de R$ 500 milhões e temem perde-los. Leia mais. Beba na fonte.

Um comentário:

Anônimo disse...

Por aqui, querem jogar o esgoto em áreas de preservação. Enquanto isso, vemos Dubai usar o esgoto - tratado - para irrigar um campo de golfe de padrão internacional.