quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Praia dos Ingleses pede socorro

    Leitor indignado com o abandono da praia dos Ingleses, norte da Ilha, denuncia poluição e descaso do poder público. Bonito é ver o candidato do prefeito Dário Berger, Gean loureiro, falar na TV em turismo de qualidade e meio ambiente quando estão há oito anos no poder e o que mais fizeram foi destruir a Ilha de Santa Catarina permitindo a sua verticalização e a ocupação desordenada!

Do blog Nas Ondas com Banana

Do leitor: Olha o contraste na paisagem. Uma vala quebrando perfeita ao fundo com uma beira de praia podre de poluição doméstica. Ninguém cuida disso na praia dos Ingleses? Peixe nesse rio não se cria nem com "máscara de gás" !!!

 
     Imaginem quando o tempo começar a esquentar, o fedor no lugar vai ficar insuportável. Inclusive este já um dos problemas da praia dos Ingleses durante os meses de verão. Isso não é nenhuma novidade, mas parece que deu uma piorada.
    Cadê as autoridades, onde estão os orgãos competente responsáveis pela manutenção do sistema de tratamento de esgoto doméstico da praia dos Ingleses! É para no mínimo começar a ficar preocupado. Olha o estado que se encontra o riozinho que deságua na praia dos Ingleses.
    Registrei esse crime ambiental na tarde deste último domingo (26/08), não é a toa que esta parte da praia hoje é conhecida e chamado pela galera de "shit point", também olha a condição do lugar, está PODRE!!!!
    Com certeza este é um local impróprio para banho ou pratica do surf no "Zinga". A ilha tá largada as moscas. Turismo de qualidade, chega a ser uma comédia falar isso, as autoridades não cuidam nem das praias. Quer vergonha poder público!

10 comentários:

Mané Estrangeiro disse...

Para o "brilhante", "competente" e "honesto" alcaide, a praia dos Ingleses serviu apenas como endereço, necessário para transferir seu domicilio eleitoral de São José para Florianopolis. (rua Dante de Patta)
Depois disso, mandou uma banana para os Ingleses, como também para o resto da cidade.
O problema dos Ingleses não é só aquele esgoto a céu aberto, embora seja o mais urgente. A especulação imobiliária sem freios, construções em quantidade muito acima do que o bairro pode comportar, e outras barbaridades, transformaram aquele magnífico balneário em terra de ninguém, a começar pela favela do Siri.
Triste fim de uma praia maravilhosa.
Triste fim da nossa Ilha...

Anônimo disse...

Se a praia que ele veraneia tá assim, imagina as outras kkkkkkk

Lucio disse...

É a ILHA DA MAGIA, não É? Sintam o drama na palavra:"Má-GIA". E assim é a cabeça e são as intensões desses "MÁ-GICOS". Só tem amldade na cabeça, é mágica pró mal da ilha. Numa análise eminemtemente cientica, matemática (básica), tanto a porção de terras dentro da ilha como grande parte do seu entorno marinho, orla marinha, principalmente as baias Sul e Norte, não conseguem mais exercer uma das suas funções básicas para sobrevivencia e qualidade de vida normal dos seres que a habitam, que consiste na função da "ËVAPOTRANSPIRAÇÃO" e seu ciclo expontaneo de trans-vaporização, absorção das aguas e umidades estão prejudicadas devido a impermeabilização dos Solos por vários agente extranhos e poluidores. Em outras palavras o solo das porções deterras que compõem a ilha de Floripa e seu entorna marinho estão ASFIXIADOS. O raciocínio matemático é simples: se considerarmos o quanto de área construida tanto na VERTICAL COMO NA HORIZONTAL, INCLUINDO AS FUNDAÇÕES ABAIXO DAS TERRA E NIVEL DO MAR, ABAIXO DO NIVEL ZERO, E PLANIFICARMOS SOMAMDO TODOS ESTES CALCULOS DAS PÉÇAS CONSTRUIDAS E PLANIFICARMOS COMO UMA SÓ SUPERFICIE COBRINDO TODA A EXTENSÃO DA SURFICIE DE TERRAS DA ILHA, VEREMOS QUE JÁ ULTRAPASSAMOS MUITO ALÉM DOS 50%, Cobrindo a superficie da ilha com uma camada de cimento impermeabilizado e prejudicando a função natural da terra de RESPIRAR. Este calculo e simulação podemos comparar com a seguinte situação: um corpo humano vivo, e nele passa-se uma camada de desodorante em, digamos, 60 a 70% de todo o corpo e assim tapando, obstruindo, impedindo 60 a 70% dos póros cumprirem sua função de respirar, de transpirar. Sabem o resultado disto? É a MORTE DESTE CORPO, por falência das funções básicas, colapso do sistema circulatórios, colapso dos rins, figado, pulmão, coração, sobrecarga e colapso do sistema levando a morte. É assim que a Ilha se encontra. Só que tem solução.

Anônimo disse...

Engraçado, o pessoal crítica, fala um monte de coisas, porém os próprios moradores dos "Zinga" são também os responsáveis por essa situação. Primeiro porque ali edificaram suas casas ou compraram seus apartamentos nos quais foram construídos em cima da areia, depois advém da própria educação das pessoas, que em regra, não são muito educadas por lá e por último porque é dali que vem um dos maiores colégios eleitorais do nosso Dário. Trocando em miúdos os Ingleses não tem mais solução, somente demolindo tudo e construindo tudo de novo.

Meire Jorge disse...

Não é de hoje que a gente vem clamando por mais cuidados na praia dos Ingleses. Fizemos abaixo assinado....entregamos aos governantes.Em 2009, imploramos por limpeza no Rio Ingleses que é um dos que deságua no Rio Capivari, que chega exatamente nesse ponto da praia...Quando o Maycon(hoje candidato a vereador), era intendente, cansamos de ir ao seu gabinete, e a cada dia algo novo impedia a limpeza do Rio...eram árvores que haviam crescido em suas margens ..depois com autorização da Floran para retirada das arvores, surgia novo problema: a prefeitura não tinha máquinário...e por ai foi....até que um dia limparam!...Fizemos novo abaixo assinado, pois esgoto a céu aberto corria para a praia...A vigilância Sanitária passou por toda a extensão do rio...mais de 6 mil pontos clandestinos foram detectados ( ver http://sosriocapivari.blogspot.com.br/)...e depois disso nada mais foi feito. Desanimamos...desacreditamos...adormecemos!!! Precisamos de força para acreditar e lutar por uma praia limpa, por um bairro melhor, por uma cidade...por um MUNDO melhor!

Anônimo disse...

Desculpem os que lá residem, mas os ingleses já eram como praia...resta o consolo de ser outra bela paisagem mas podre, como as baías.

Anderson Alexandre disse...

Boa parte da culpa é do poder público, mas no caso em tela, os poluidores são por óbvio, moradores, e tem sua parcela de culpa, sem dúvidas. Enquanto não houver conscientização da população, o negócio não vai pra frente. Os próprios moradores, não só dos Ingleses dessa parte, mas em outras praias também, poluem, fazem verdadeira atrocidade com o meio ambiente, jogam esgoto na forma mais descarada possível. O poder público nada faz, porque é investimento a longo prazo que não vai aparecer à curto prazo. Obra enterrada não aparece, não dá voto. É isso. Sistema de esgoto é caro e é enterrado.

Anônimo disse...

A pergunta é ATÉ QUANDO A MÃE NATUREZA VAI AGUENTA ESSA FACADA?
ELES GASTAM COM CAROS FALANTES PARA ELEIÇÃO E OUTAS COISA LÁ E NÃO PODEM GASTA COM UM TRATAMENTO DE ESGOTO? É OBRIGADO A VOTAR NÓS VOTAMOS FAZEMOS NOSSA PARTE E ELES NÃO VÃO FAZE A PARTE DELES QUEREM FAZE ARIAS DE LAZER OS SURFISTA OS MORADORES QUE ABITAM A ILHA NÃO QUEREM SÓ AREA DE LAZER A PRAIA LIMPA JÁ É UM LAZER TENHO 15 ANOS NÃO VOTO AINDA MAS SE EU PUDESSE EU IA NA CAMARA E CHINGAVA ELES UM MONTE SÓ SABEM FALA E PROMETER PRA MIM ISSO NÃO PEGA ESSES FILHO DAPUTA DO CARALHO DESCUPA O PALAVRÃO MAS É REALIDA DE A POLICIA PRENDE TRAFICANTE E QUM ROBA O POVO INTEIRO ELES DEIXAM LIVRES.

Anônimo disse...

Bem otimista a vossa sabia pessoa. É verdade, as pessoas vem e compram ou edificam as seus apartamentos e suas casasa e ai, percebem se é que nao haviam percebido o desastre que a falta de saneamento produz. Entao, devem ficar pianinhas? acho que sim,por que qdo falam alguma coisa a respeito sao mal-educadas. OK, vc pode entao solucionar o problema iniciando a demoloção de tudo? Ou que sabe vc pode colaborar ainda mais: Se mata, pessoa desnecessaria.

Walmir Becker disse...

Só o meu grande amor pela Praia de Ingleses, nascido à primeira vista, quando a conheci, no longíquo ano de 1981, fez com que, desde então, ano após ano, em cada veraneio, eu e minha fámília retornássemps àquele balenário. Lá nunca ficamos menos de 15 dias; em muitas temporadas permanecemos por um mês em inteiro em Ingleses, chovesse ou fizesse sol.

Contudo, lamento informar que o ano passado(fevereiro de 2006), foi o de nosso último veraneio naquela querida Praia.Para lá não voltaremos mais.

Nem é mecessário revelar a causa disso, que não é outra senão a cada vez mais visível má condição de sua balneabilidade, em virtude da poluição causada pelos esgostos a céu aberto.