terça-feira, 16 de outubro de 2012

Campanha da OAB agita o interior do estado


   A campanha para a presidência da OAB tem agitados os bastidores do mundo jurídico catarinense. O comentário do momento entre advogados que atuam no Estado é a opulência da campanha dos candidatos da situação, que colocaram para rodar pelo interior um “mega-ônibus” para impressionar os eleitores.
   O buzão, plotado ao melhor estilo dos ônibus de artistas musicais, tem causado situações hilárias. Recentemente, em passagem por uma cidade do Vale do Itajaí, moradores, desavisados, juraram que o veículo trazia uma dupla sertaneja para cantar na praça local.



9 comentários:

Anônimo disse...

Meu caro,
Considerando que a eleição visa um cargo não remunerado, pergunto-me aqui quem estaria bancando esta campanha? E, parodiando Brizola, com que interesses?
Apenas lutar pela classe, sinto desconfiar, não deve ser...

Anônimo disse...

concordo plenamente com sua opinião.anonimo.
onde está a transparencia ? a descrição do profissional advogado? tipo da campanha que não convence pautada em aparencias com falta de propostas e conteudo . Somente visual, midia Show.....

Caminhão de ofertas....

Anônimo disse...

Anonimo. interesses, todos tem, basta saber se é somente de ser presidente, ou tem outros aqui nao revelados!!

Anônimo disse...

VERGONHAAAAAAAAAAAAAA!!!!!! E OS NOSSOS HONORÁRIOS?????????

Anônimo disse...

NÃO SÃO SÓ NOSSOS POLÍTICOS QUE SÃO CORRUPTOS. A TRANSPARÊNCIA TEM QUE COMEÇAR POR ESSA CLASSE.

Anônimo disse...

Não custa lembrar que ambas as campanhas, tanto da situação quanto da oposição, são custeadas e rateadas integralmente por todos os candidatos das duas chapas (cerca de 100 advogados de cada lado). Não há menor discussão, nem dúvida, de qualquer dos lados, quanto à forma e o custeio em que isso é feito. A única diferença que existe é quanto à aplicação que cada chapa faz de seus recursos. Ou será que tem alguém que acredita que manter um site atualizado é de graça? Que jantares e viagens, deslocamentos, hospedagens, não precisam ser pagas? Vamos deixar de ser hipócritas... As duas chapas estão custeando suas próprias campanhas, com dinheiro fruto do trabalho de seus membros, sem qualquer dinheiro público e/ou qualquer financiamento externo que seja...

Anônimo disse...

Prezado,

Qualquer um com mínimo envolvimento com a classe, sabe, que os próprios componentes de cada chapa dividem as despesas. Aliás, neste mesmo ônibus da cidadania, já estiveram diversos integrantes da chamada "oposição" que nada tem de oposição ou renovação.

Abs.

bispo disse...

Roberto Bispo
Prezados Colegas,
Desde o momento em que fui convidado a ingressar na Chapa Cidadania como Conselheiro Estadual, nas eleições da OAB/SC do corrente ano, obtive a informação de que ao participar da Chapa, deveria contribuir financeiramente para a mesma. Este montante poderia ser parcelado em duas ou três vezes e é destinado aos custos da campanha, tais como: camisetas, almoço, jantar, postagem nos veículos, no ônibus, estadias, etc.
Cabe salientar que os custos das campanhas nas eleições da OAB/SC são custeados pelos próprios candidatos, realidade esta também enfrentada pela Chapa 2, não havendo nada de novidade, nesta situação que se repete sempre nos anos de Eleições.
Basta questionar os candidatos a Chapa 2, a respeito da origem dos recursos da campanha, para a confirmação dos fatos aqui narrados.

Anônimo disse...

Vox Populi Vox Dei - o povo não erra, pois é dupla, é sertaneja apesar de vir da capital, e ainda CANTAM DE GRAÇA! SEM COBRAR HONORÁRIOS!