sábado, 6 de outubro de 2012

O primeiro Interferon a gente nunca esquece!

Eu, Gisa e Ana Laura na sala de espera do hospital
   Quase não consigo escrever! 
   Meus dedos, trêmulos, pouco obedecem os comandos cerebrais. Uma coisa fácil que venho praticando dioturnamente durante a maior parte da minha vida exige, agora, um supremo esforço para ser realizada.
    A confusão mental, fadiga, dor de cabeça, nos músculos e nas juntas, tremedeira, calafrios e febre alta são alguns dos efeitos colaterais da minha primeira aplicação de Interferon. O remédio é uma reprodução sintética da enzima produzida naturalmente pelo organismo. Será um dos meus grandes aliados na batalha que começo hoje: uma luta para derrotar o flavivirus, vírus da hepatite "C" que está comendo o meu fígado.
   A batalha começou por volta das 19h. Sentindo todos esses efeitos colaterais cheguei a me assustar. A descompensação no meu corpo me deixou descoordenado mental e mecanicamente. Levantar rápido da cadeira quase me leva à "lona", um saco!
   A família, ao lado, observava as minhas reações de irritação com essas sensações nunca experimentadas. Me seguem pela casa como sombras, uma coisa engraçada. Nessas andanças sem objetivo definido me sentia como rato em guampa: quanto mais corre mais se aperta!
   Uma observação da minha filha, Ana, foi providencial e me fez ver de outra forma esta provação severa que estou passando: 

- Pai, se tu que nunca tens nada estás mal assim, imagina esse tal de "flavinho". O bicho deve estar levando um calor!

   Tive que rir e imediatamente abandonei a idéia de que estava me sentido mal e passei a imaginar a situação do vírus naquele momento: estava ferrado! Estava levando um aperto que provavelmente nunca tinha experimentado. 
   Em meio a tudo isso consigo refletir um pouco e tento entender o que se passa com o meu corpo. A situação é paradoxal, tens que "morrer" para viver! Segundo os médicos quanto mais severo os efeitos colaterais dos remédios, são três, maior é a possibilidade de cura.
   Bem, esses são os efeitos secundários apenas do Interferon. Temos ainda a Ribavirina que tem outros, mais continuados e duradouros, como a anemia profunda que provavelmente me acompanhará por todo o tratamento. Espero! Pois o nível de anemia indica a maior assimilação do medicamento e seus efeitos "benéficos" no organismo. Ufa!!!!

   Custo/benefício
   Lembro o dia em que fomos, a Gisa e eu, para a primeira entrevista com a Rochele e com a Dra. Magali. Frente às minhas caras feias a cada efeito colateral descrito pelas profissionais a Gisa, de repente, alegando questão de ordem, saca uma calculadora de sua bolsa e lança a seguinte pérola:

- Canga, diante de 16.790 dias de "sexo, drogas e rock and roll" o que são 180 dias de sofrimento? O custo benefício está totalmente a teu favor. Sobram ainda 16.610 dias de pura alegria! Assim que nem faz cara feia e vamos tocar esse barco.

   Existe salvação...   
   São aproximadamente 2 horas da manhã e a coisa começou a arrefecer. Levei um suador poderoso, daquele que se sente quando a febre já está te abandonando. Sensação legal! Um alívio, finalmente! Foram 7 horas de gemidos e ranger de dentes, um perrengue!
Tomei um banho, e, como deve ter sido dito em um daquele clássicos filmes PB americanos: 

- Me sinto bem esta manhã...

   A briga recém está começando! Te prepara "flavivirus", que se tu não és fraco, aqui somos muito fortes. Ao meu lado tenho a minha família, meus amigos, o Paulinho, meu grande médico e uma equipe de profissionais fantástica do centro de infectologia do Hospital Nereu Ramos: a Rochele, a Dra. Magali, a Poliana, a Viviane, a Taise, a Andréa e a Sheila.
   Além desse dream team, temos o avanço da ciência nas pesquisas que, agora, produz  um antiviral que ataca diretamente no DNA do bicho.
    Mas, de tudo isso, vou pela Rochele:

- O melhor remédio é ser feliz! A felicidade aumenta a imunidade e representa 50% da cura. 

Sejamos felizes então!

Leia também: Figueiredo apresenta a fatura. Pôrra!
  
Serviço: A hepatite C atinge mais de 500 milhões de pessoas no mundo, e mata 1 milhão por ano. No Brasil, são mais de 1,5 milhão de infectados pela hepatite C, o tipo mais grave da doença. A hepatite C é provocada por um vírus que instala-se no fígado e pode demorar décadas para provocar qualquer tipo de sintoma. Mas, quando se manifesta, é na forma de cirrose ou câncer no fígado, potencialmente mortais.- "Ela é uma doença traiçoeira e silenciosa. Até se manifestar, os pacientes não sabem que ela existe", diz a médica Maria Lúcia Ferraz, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia.

Comentários: 
Artur Nogueira diz: Caro Sérgio,
Estamos torcendo por vc. Vem aí duas novas drogas que serão disponibilizadas pelos SUS e que certamente, melhorarão e muito a qualidade de vida de pacientes infectados pelo vírus da Hepatite C. Boceprevir e telaprevir associados aos medicamentos já protocolados-ribavirina e Interferon.
Muita fé e paciência nessa hora.A luta continua.
um abraço 


EvertonForça Canga !!! É a única arma que temos neste momento!!!

Sandra: Canga, força aí. Nós (teus amigos) estamos juntos nessa corrente e te enviando muita enetgia paraessa travessia durante o tratamento. Abcs 

Anônimo: 'Flavivirus, táx ferrado, cara!'

Carlos Ylich:
Olá Rubim,
Não sabia de sua doença. Fico contudo feliz em saber que você está em tratamento e com excelentes perspectivas de melhora.
Seu blog é leitura diária minha e gostaria que soubesses que considero de grande relevância seu trabalho. Não sou um religioso, sou ateu por definição, mas gostaria de dizer que não lhe deixo orações, mas sim sinceros votos de uma completa cura e absoluta melhora.
Att.

Ezequiel Maia:
"Flavinho"? Quem ele pensa que é?
Canguita, bom dia, querido!
Em função do corre-corre da campanha, somente agora é que estou botando a leitura em dia...
Antes de mais nada, manda esse tal de "flavinho" a puta que os pariu!
Já dá pra ver e sentir que "esse" merda perdeu a batalha, tamanha é a tua força, otimismo e lucidez....
Sei bem que pimenta no dos outros é refresco, mas estamos juntos e misturados, amigo!
Se precisares de mim, é só ligar, ok?
Agora, coloca a tua mão esquerda no ombro direito, coloca a mão direita no esquerdo, aperta, aperta pôrra... Esse é o meu abraço em ti!

Força e fique com Deus!

18 comentários:

Felix disse...

Olá Rubim,
Não sabia de sua doença. Fico contudo feliz em saber que você está em tratamento e com excelentes perspectivas de melhora.
Seu blog é leitura diária minha e gostaria que soubesses que considero de grande relevância seu trabalho. Não sou um religioso, sou ateu por definição, mas gostaria de dizer que não lhe deixo orações, mas sim sinceros votos de uma completa cura e absoluta melhora.
Att.
Carlos Ylich
Florianópolis

Anônimo disse...

Artur Nogueira diz:
Caro Sérgio,
Estamos torcendo por vc. Vem aí duas novas drogas que serão disponibilizadas pelos SUS e que certamente, melhorarão e muito a qualidade de vida de pacientes infectados pelo vírus da Hepatite C.
Boceprevir e telaprevir associados aos medicamentos já protocolados-ribavirina e Interferon.
Muita fé e paciência nessa hora.A luta continua.
um abraço

Anônimo disse...

Força Canga !!! É a única arma que temos neste momento!!!
Everton

Anônimo disse...

Canga, força aí. Nós (teus amigos) estamos juntos nessa corrente e te enviando muita enetgia paraessa travessia durante o tratamento. Abcs Sandra

Anônimo disse...

'Flavivirus, táx ferrado, cara!'

Marcia disse...

O principal é que você tem um monte de amigos torcendo por você. Um beijo, Márcia

comunista de boutique disse...

fica bom canguita, sem você... quem poderá me desmascarar???

Anônimo disse...

Força Senhor Sérgio Rubim.
Florianópolis precisa muito dos seus serviços noticiosos.
Um grande abraço e melhoras!

Anônimos da Silva

Augusto J. Hoffmann disse...

Prezado Sérgio,

A determinação pela vida é fundamental. E por boas razões, como conviver com os seus, aquele bom vinho e nos informar de verdade. Não pare e boa sorte.

Anônimo disse...

Canga, a parada vai ser dura, mas você é um cara que nunca deu moleza na vida. Vai conseguir sair dessa. Abraço,Scotto

renato disse...

Canguita,força e confiança,sem perder o teu conhecido bom humor...

GAFANHOTO DE QUARAÍ disse...

ESSE FÍGADO VAI FICAR 100% CANGUITA, EU SEI QUE É CHATO, MAS TENHO DOIS AMIGOS QUE FIZERAM E FICARAM BONS!!!
QUE BOM QUE VOCÊ TEM ESSA FAMÍLIA LINDA DO SEU LADO PARA TE CUIDAR!

LesPaul disse...

Mo quirido. To guardando 6 garrafas de um porrtugues bom pra caraglio com quase 15°pra secar a boca de costela. No final da jornada vamos abri-los em grande estilo. Abraço com a fé q me move. do Paulao et Famiglia

LesPaul disse...

Mo quirido. To guardando 6 garrafas de um porrtugues bom pra caraglio com quase 15°pra secar a boca de costela. No final da jornada vamos abri-los em grande estilo. Abraço com a fé q me move. do Paulao et Famiglia

Anônimo disse...

E ai Canga,

Eu era mais um que não sabia da doença. Tu tinha mais ou menos explicado, mas não tinha sido claro.

Desejo boa sorte e boa recuperação!

Abraço, Cañas

Anônimo disse...

Estimado Canga, começou a contagem regressiva para esse tal de flavivirus!
estamos na torcida, sempre!!

abração

joão "cavallo"

osmar disse...

Sérgio, mais que qualquer sintoma ou mal vale a vontade de superar. Também passei por esta, vai firme.

Anônimo disse...

Primoo....Por aqui todos mandando bons efluvios, sabendo que logo estaras recuperado!!!!
ps: esses negocinhos que tu anda experimentando devem dá um baratinho né? curte a onda....

Te Amamos muito

Marcos Barbosa e Flia