sexta-feira, 12 de outubro de 2012

O segundo Interferon...também não se esquece...

Andrea e Viviane: queridonas!
    Tomei hoje a minha segunda dose de Interferon. Serão 24 injeções, toda sexta-feira, até o final do tratamento para liquidar com o "flavívirus", vírus da Hepatite C. É uma briga! A primeira injeção que tomei, sexta passada, foi dose pra mamute! Já descrevi aqui os efeitos colaterais e sua ação na minha cabeça. É coisa prá doido!
    - A segunda dose já será menos violenta, dizem os experientes.
    Espero que seja mesmo. Tomei a injeção às 15 horas deste feriado. Estavam lá, de plantão, em pleno feriado de Nossa Senhora Aparecida, a Viviane e a Andréa. Dedicadas e atenciosas como sempre. Me perguntaram sobre os efeitos da primeira dose, anotaram tudo em uma planilha e avisaram sobre o início do perrengue, para hoje, por volta das 19h.
    - Legal, que bom que me avisaram, falei debochando da minha sorte.
    Quando saímos do hospital, Gisa e eu, o dia estava com sol. Mesmo sob o efeito do outro medicamento, Ribavirina, que tomo diariamente, estava animado. Coloquei um Amacord, do Nino Rota, no som do auto e largamos para a Lagoa da Conceição. Fomos comer um bacalhau, no Barracuda Grill, na Avenida das Rendeira. Ótima pedida!
Bacalhau dos deuses!
    Conseguimos uma mesa de frente para a Lagoa, fizemos o pedido, uma Opa sem álcool para acompanha e ficamos ali vendo os outros passarem. Agradável.
    O vai-e-vem dos autos era intenso. Muitos de fora, turistas nas calçadas e no restaurante. Gosto de ver as pessoas na rua. Observo modos, roupas, estilos, trejeitos...fico tentando adivinhar de que região são, se parentes, namorados, cunhados...amantes. Uma boa forma de esperar os efeitos do Interferon que já se anunciavam com uma leve dor de cabeça, sensibilidade na pele e ressecamento dos olhos, nada muito punk...ainda!
    A pós aplicação do remédio gera uma expectativa estranha. Uma simples pontadinha na sola do pé já é debitada na conta dos efeitos colaterais do Interferon. Me programo mentalmente para relaxar ao máximo e não pensar muito no que está por vir. Consigo ficar bem, embora com aquele pensamento escondido numa dobra qualquer do meu cérebro. E eu sei que ele está ali!
    Terminado o almoço, pago a conta e nos encaminhamos para casa. A Ana Laura, filha mais moça recentemente credenciada para dirigir, espera o auto para zarpar de encontro aos amigos no centro da cidade.
    Quarta-feira havia me avisado que usaria o carro na sexta à noite. Falei, na hora, que sexta seria feriado e provavelmente, Gisa e eu, iríamos ao cinema ou sairíamos para jantar.
- Sair para jantar? Cinema? Vais é para a casinha, pai, sexta é o teu dia de Interferon! Tenho programadas todas as sexta-feiras à noite para daqui a seis meses!
    São sete menos quarto, agora, e já começo a sentir uma "pinicação" nas mãos. Não é dormência mas agulhadas que antes de gerarem dor geram uma coceira incômoda.
    É o bicho esperneando!
Savon D'Alep, presente de amigo
    Já sinto o ressecamento da pele que é um dos efeitos colaterais da Ribavirina. A pele seca, racha e coça. Mas estou preparado para isso. Hoje o meu amigo, chef Nelson Valbuena, chegou de Nice, França, e me presenteou com uma carga de Savon D'Alep. Um sabonete sírio à base de azeite de oliva e óleo de louro. Um espetáculo! Estou pronto para enfrentar o lance.

    Pronto! Parecem britânicos este efeitos colaterais! São 7 horas da noite e já começo a sentir uma forte dor no corpo...vai começar o perrengue. Na primeira vez foram 7 horas ininterruptas de febre alta e dor pelo corpo todo, fora calafrios e...me sinto como se tivesse 300 quilos...
    Depois conto o resto, começo a ficar meio desnorteado, não consigo manter o foco. Concatenar a conversa vai ficando uma coisa penosa...

5 comentários:

gafanhoto disse...

canga, você enfrenta tantos canalhas poderosos no blog, não pode arregar para um vírus!!!
eu sei e vc sabe que vc é forte!!!
quero muito te conhecer, como faço?

Nelson Gomez Valbuena disse...

Amigo, usted puede enfrentar, todo en esta vida..! Su fuerza e espiritu son unicos. Un fuerte Abrazo.

Anônimo disse...

EAE meu Amigo. Dose pra mamute é sacanagem... estamos em extinção, dizem que existe um na Ilha... e ainda merecedor de interferon... Força q o bichinho tá indo pras calendas. LesPaul

ERNANI NEVES PIRES disse...

Canga,

meus pensamentos positivos e oração para que restabeleça logo a saúde.

E para te animar um pouco: arrisca um palpite para para prefeito de Florianópolis?... Vamos esquecer àquela tua profecia para Angela governadora (he, he, he).

Anônimo disse...

Artur Nogueira diz:
É assim mesmo Canga, ou seja , os efeitos colaterais do Interferon são mais intensos no começo do tratamento.Sua coragem e sua fibra são fatores preponderantes nessa luta contra o vírus.
Vá em frente, já estás superando essa fase crítica.