segunda-feira, 8 de outubro de 2012

"Portinho" Básico acaba com Macrofonia

   Essa a comunidade jornalística, radialistica e televisiva de Florianópolis não entendeu! O pessoal do programa Pretinho Básico e, de outros dois programas da Atlândida FM lá de Porto Alegre, acabaram a pau com o Macrofonia, programa de rádio diário levado ao ar pelo jornalista Cacau Menezes e sua filha Maria Cláudia, há 2 anos.
   O programa Macrofonia, que vinha antes do Pretinho Básico, parece ter assustado o pessoal de Porto Alegre. Em vez de levar o programa para os pampas, preferiram acabar com ele.


Les Paul deixou um novo comentário sobre a sua postagem ""Portinho" Básico acaba com Macrofonia": Canga, tu que és pampeiro do lado "Uruguaio" de Quaraí, radicado cá nestas plagas ilhôas há muitos "campos de caminhada no tempo", talvez possas explicar essa piada de gaúcho. Eu e uma montanha de ouvintes que migravam pelas sendas do dial entre a 92.1, a Itapema e, apenas no horário do Macrofonia, na horrorosa programação (sic) da 'Atlântchida', em busca de boa música e novidades, perdemos uma estação de parada. Vá explicar as barbas castanhas à espiga de milho loura! 



15 comentários:

Augusto J. Hoffmann disse...

O Cacau é azarado: inovador e mal compreendido. Em 1978, na Diário da Manhã, desistiu de apresentar um programa depois que o Cel. Simões caçou a sua câmara de eco.

Anônimo disse...

E simples: tudo o que não é de Porto Alegre não tem vez na RBS. No máximo é usado para o grupo se dizer respeitador da cultura local (para a qual não está nem aí). É só ver que o "representante catarinense" no tal Pretinho Básico tem mais sotaque gaúcho que os próprios.

Anônimo disse...

Engraçado como o cacau não se manisfestou no Blog. Será que vai também para a RIC? RBS só valoriza o que é do RS, pouca faz força para manter a cultura da nossa terra e valorizar o nosso povo.

Anônimo disse...

Canga, tu que és pampeiro do lado "Uruguaio" de Quaraí, radicado cá nestas plagas ilhôas há muitos "campos de caminhada no tempo", talvez possas explicar essa piada de gaúcho. Eu e uma montanha de ouvintes que migravam pelas sendas do dial entre a 92.1, a Itapema e, apenas no horário do Macrofonia, na horrorosa programação (sic) da 'Atlântchida', em busca de boa música e novidades, perdemos uma estação de parada. Vá explicar as barbas castanhas à espiga de milho loura! LesPaul

Anônimo disse...

Os caras do "Portinho" Básico vivem tirando onda dos maneirismos daqui, do sotaque, da cidade. Não duvido que tenha partido da RBS de Porto Alegre a expressão "MANEZINHO", que não existia, e, salvo melhor juízo, é pejorativa, mas as pessoas de boa índole retiraram a pejoratividade e transformaram em um apelido pra lá de bacana e simpático. O Pretinho Básico não tem a mínima graça, um lixo auditivo. O Darci, sozinho, dá um banho em todos eles juntos, e o Cacau?! A filha do Cacau? Podia ser Miss rapagi!!!

Anônimo disse...

Ainda bem! Algumas músicas que ele tocava eram boas, mas eu mudava de rádio sempre que escutava a voz dele.... fala errado, fala muita besteira, não é nada humilde, a favor de espancamento de "estrangeiros", contra a causa animal, enfim, somente um bon vivant inútil, pagando de celebridade.

Anônimo disse...

Tem alguma coisa a mais que não foi divulgada... se a audiência do programa é crescente, por que sairia do ar?

Anônimo disse...

'Pretinho Básico', what's that?

Anônimo disse...

Pretinho Básico??? O que é isso?? Não ouço rádio gaúcha. Rádio de merda. Aliás, o Cacau poderia muito bem mandar esses gaúchos pra pqp. não acrescentam nada à cultura da ilha. querem é money, dinheiro. a ric está de portas abertas. e como ele tem mais de 30 anos de casa imagina o fundo de garantia.

Anônimo disse...

Até o nome do programa era da hora: Macrofonia...

Léo disse...

Gauchada que canta em prosa e verso as maravilhas do pampa, MAS NÃO FICAM LÁ!.... É igual aos estrangeiros que vem para o Brasil e não querem respeitar nossas leis e costumes. Que fiquem nas suas maravilhosas terras, oras.

Anônimo disse...

Ba o Canga,

Acho os caras do Pretinho chatos pra caralh...
Até já escutei, mas cansa.

Porém a choradeira feita em relação a este episódio do Cacau é grande demais pro meu gosto.

Rapaziada local se colocando num papel de vítima que nada pode fazer. E culpando a gauchada até não poder mais.

Para né o...

Pra começar roupa suja se lava em casa. A decisão é dentro da empresa deles, eles que se entendam. Pra que o Cacau joga pra torcida desse jeito? Fomentar o ódio contra a gauchada.Como se fosse necessário.

Na condição de gaúcho, tenho enorme respeito pelo povo de Floripa, e nem podia ser diferente, pois moro aqui.

Mas esse papel de vítima dos gaúchos às vezes é dose.

Falam pra caramba e aí tu vai ver este mesmo Cacau, maravilhado pelos cariocas, elogiando tudo o que é do Rio, times e etc...

Vai lá no Rio de Janeiro ver como os cariocaxxx tão se importando com a Ilha da magia.

Tem parada que enche o saco cara.

Abraço, Carmelo Cañas

Na real é um assunto delicado e extenso, mas não caio mais nessa de que "é tudo culpa dos gaúcho". Já morei tempo demais aqui pra cair nessa conversinha. Quando convém esse papo não aparece.

Jolly Rogers disse...

Pensamento pequeno. Se não fosse as pessoas "de fora" talvez estaríamos ainda caçando baleia.

Anônimo disse...

Falou tudo,
Como disse um amigo ai de cima, não se consegue escutar 1 minuto o Cacau sem ficar com nojo da sua voz.

O pessoal de Floripa paga pau pra ele, por que ele fala mal dos outros e vira herói.

Por que se achar o máximo e pagar pau de playboy. Depois são os gaúchos que se acham os melhores.

KariMe TauiL disse...

Uma pena, um programa tão bacana, o Cacau é um máximo... Macrofonia antes do Pretinho Básico era tudo de bom!!!
Uma pena mesmo :/