segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Ex-presidente do Avaí é preso por fraude

Gaeco desmonta esquema suspeito de fraudar R$ 1 bilhão em licitações de saneamento

   Uma operação comandada pelo Gaeco (Grupo de Ações Especiais e Combate ao Crime Organizado) e Polícia Civil cumpriu na manhã desta segunda-feira (11) 18 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão relacionados a pessoas acusadas de fazerem parte de uma quadrilha que fraudava licitações do serviço de saneamento básico. O esquema teria movimentado cerca de R$ 1 bilhão.
   Entre os acusados estão o ex-diretor do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Sorocaba, Pedro Dal Pian Flores, e o ex-presidente do Avaí Futebol Clube, Mário César Campos. As investigações da operação chamada Águas Claras começaram há um ano e meio em Sorocaba (98 km de São Paulo), mas houve prisões também em São Paulo, Botucatu, Assis, Florianópolis, Goiânia e Brasília.
Leia matéria completa no UOL. Beba na fonte.

3 comentários:

Anônimo disse...

Qual seria o motivo de tanto ódio do Avaí pra estampares no tteu Blog "Ex Presidente do Avaí", não poderias apenas dizer, Sr. Mário C. Campos ou coisa parecida.
PS: Já ia esquecendo, o teu maio idolo o "Amim" é Avaiano.
Abraço Garoto!

Anônimo disse...

Avaiano não pode, garotchinho? Não é primeiro presidente avaiano em cana. Recibos do INSS fictos etc e tal. Só vale quando é de letra?

Anônimo disse...

Por quê esse escândalo não saiu na mídia catarinense? Afinal, quase toda a populaçao do Estado está pagando pelo menos 10% a mais na sua conta de água por conta dos desvios apurados.