sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Dário Berger raspa os cofres e abandona Florianópolis

O trágico e melancólico final da era Berger em Florianópolis se manifesta nas ruas da cidade. Os smurf´s (funcionários da zona azul) estão desesperados com aviso prévio na boca do final do ano. Funcionários municipais aprovaram uma greve geral para a próxima terça-feira. Acusam Berger de não cumprir o acordo coletivo de trabalho firmado com a categoria. Sem dinheiro nos cofres, Dário deixa claro em entrevista no jornal ND, que tanto o salário como o décimo-terceiro dos servidores está comprometido se não liberarem o dinheiro do IPTU de 2013. O caos está instalado na cidade!

     O boquirroto prefeito de Florianópolis, Dário Berger, avisa, em entrevista no DC, que "está ficando de saco cheio" das cobranças que vem levando. Mal sabe ele que quem está de saco cheio é o povo que o mandou de volta para casa nas últimas eleições.

     Dário Berger protagonizou o pior governo municipal que Florianópolis já teve. Fez uma gestão de oito anos eivada de escândalos de corrupção, desvio de dinheiro público, execução de projetos sem planejamento, contratação de empresas sem licitação, sem falar nos golpes milionários da famosa árvore de Natal e do"caso Bocelli", onde desapareceu com mais de R$ 7 milhões, e o caso "Moeda Verde", onde gente da sua confiança na prefeitura, junto com empresários da cidade foram enjaulados pela Polícia Federal.

   Derrotado nas últimas eleições em Florianópólis e São José, o clã Berger simplesmente abandonou as duas cidades. Em São José o caos está instalado. Em Florianópolis os primeiros sintomas da bancarrota do município foi o cancelamento da tradicional Fenaostra. Dário, ao não realizar a festa, por falta de recursos, deixou os produtores com um mico de quase 1 milhão de ostras na mão.
   O segundo sinal veio logo enseguida, com o cancelamento do Carnaval de Florianópolis. Dário, chantagenado o futuro prefeito que assumirá somente no ano que vem, condiciona a realização da tradicional festa momesca, ao compromisso de Cesar Junior bancar duas das quatro parcelas devidas às escolas de samba!
   Bandidagem!
   Com todo o dinheiro da prefeitura gasto na tentativa de eleger Gean Loureiro, Dário Berger, tenta dar o golpe da "antecipação de receita", querendo colocar a mão na grana do IPTU de 2013, crime previsto na lei federal 1.079 de 10 de abril de 1950. Coisa nova na nossa legislação!

   Diz a lei:
   art. 10 - São crimes de responsabilidade contra a Lei Orçamentária: Captar recursos a título de antecipação de receita de tributo ou contribuição cujo fato gerador ainda não tenha ocorrido.
   Por sorte o judiciário catarinense frustrou a tentativa de golpe financeiro do desesperado alcaide. Em alguns órgãos públicos está faltando até papel higiênico, como é o caso da Comcap, onde os funcionários tem que trazer papel de casa. Café e açúcar nem se fala!

Escombros "enfeitam" calçadão há mais de mês
   O trânsito da cidade virou uma anarquia. A Guarda Municipal desapareceu. Sumiu o administrador e sumiram seus acólitos. Obras paralisadas, mato tomando conta de canteiros e jardins da cidade em total abandono.
   Esta é a triste figura do prefeito itinerante que chegou a Florianópolis com o discurso de grande administrador! Agora, Dário Berger e seu irmão, Djalma, vivem fugindo da justiça de quem vem sofrendo condenações por improbidade administrativa, o que trocado em miúdos quer dizer DESONESTIDADE!
   Enganaram a população por muito tempo! Aí está o resultado! 
   Final melancólico para as aves de arribação! 

8 comentários:

Anônimo disse...

Pox então seu Canga, Uma tainha gorda la da Finanças da Prefeitura me contou que o Dário queria vendar a dívida ativa do município, tinha até comprador, ele disse...Só que um istepo esqueceu de lançar a dívida! Ai tipo assim, a divida estava em 8 mil pilas! Ai ninguém quer comprar né!Era a ultima carta na manga do moço tadinho

Gilberto Gonçalves disse...

Eu não tive dúvida que esse bandido ia fazer isso com a cidade. Desde o primeiro momento ele e a curriola que o acompanha, só tinham um objetivo roubar os cofres da prefeitura de Florianópolis para aumentar as suas gordas fortunas pessoais.

Roberto Scalabrin disse...

E não foi por falta de avisos. O teu Blog, até ajuda de muitos colaboradores, vinha avisando da incapacidade administrativa da equipe administrativa municipal e das irregularidades que vinham sendo praticadas. Foi a morte anunciada. Talvez se a grande mídia tivesse dado mais importância as denúncias o MP teria adotado providências mais sérias...

Anônimo disse...

Para quem não sabe, Dario e Djalma não pagaram os atletas, equipes e treinadores das Fund. Mun. de Esporte.

A FME de Fpolis não paga desde AGOSTO!!!!!! É isto mesmo!

Um absurdo, falta de ética, moral, responsabilidade, tudo.

Pena que o povo acordou tarde.

Anônimo disse...

Pior, o Cacau presta um desserviço ao opinar que o prefeito em sua gestão pode fazer o que quiser.

Anônimo disse...

Que baita salafrário!!

Anônimo disse...

Só o Dario ? - O Borba da OAB SC está fazendo o mesmo - antecipação da receita de contribuição de 2013 - seriam precedentes jurídicos tutelados pela Procuradoria do Alcaide, comum a essas duas instituições ?

Anônimo disse...

TUDO BEM!!!!
PARABENS PELAS COLOCOES E CONCORDO PLENAMENTE. SO GOSTARIA DE COLOCAR UMA OBSERVACAO EM RELACAO AO TAO FAMIGERADO CANTOR ANDREA BOCCELI...A HISTORIA VEM DO"BIGODINHO"O EX- GOVERNADOR ,ESTE SIM UM VERDADEIRO "CANCER'PARA A POPULACAO DE SC....ELE MANDOU CONTRATAR O BOCCELI..AMIGO DE SUA DESAFINADA FILHA...QUE DEPOIS ACERTARIA AS CONTAS REPASSANDO VERBA DO ESTADO...EM MAIS UMA FALCATRUA DELE....ACONTECE QUE NAO REPASSOU O DINHEIRO E DEIXOU SEU "PARCEIRO'BERGER COM AS CALCAS NA MAO... ENTAO..O BIGODINHO E A DESAFINADA ESTAO NA BOAAAA....E O DARIO SE F...ABRACOS