terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Florianópolis: Capital da preservação ambiental do Brasil

Foto; Petra Mafalda
   Empossado secretário municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da prefeitura na tarde desta terça-feira, o arquiteto e urbanista Dalmo Vieira Filho anunciou um plano ousado: transformar Florianópolis na Capital com maior percentual de áreas urbanas de preservação ambiental do Brasil.

   A meta de trabalho para os próximos quatro anos inclui o programa “Capital da Preservação do Brasil”, a criação da Guarda Ambiental e abertura de concurso público para contratação de pessoal para Floram e o Instituto de Planejamento Urbano da cidade, o IPUF.

   Em seu discurso, o prefeito Cesar Souza Júnior mandou um recado para o Sindicato da Construção Civil. Afirmou que as medidas tomadas pela prefeitura “não trazem prejuízo para ninguém e para nenhum setor”.
   “A omissão do poder público é que pode trazer, e vem trazendo, prejuízos irreparáveis para a cidade”, afirmou Cesar.
Principais medidas anunciadas nesta terça-feira pelo prefeito e pelo secretário Dalmo de Oliveira Filho e pelo prefeito Cesar Souza Júnior:
a- Determina providências para o reexame dos alvarás e autorizações concedidas nos últimos 6 meses. O exame será procedido por comissão oficialmente instituída e composta por equipe de funcionários e convidados independentes. 
b- Determina providências para sustar novos alvarás de construções para edifícios, pelo prazo de três meses, enquanto se analisa a situação atual dos setores da cidade.
c- Determina composição de equipe incumbida de listar áreas públicas em uso por terceiros e sugerir providencias.
d- Determina criação de Comissão de Consolidação da Legislação Ambiental e Urbanística do Município, combinada e atualizada com a legislação estadual e federal sobre o assunto. 
e- Anuncia a criação da Guarda Ambiental, inicialmente no âmbito da Guarda Municipal e do chamamento de profissionais aprovados em concurso público da Floram, que viabiliza a condição de Licenciador para o município de Florianópolis.
f- Autoriza a contratação de 40 profissionais para revitalizar a secretaria e as entidades vinculadas, com ênfase para o IPUF, viabilizando o plano de humanização da cidade.
g- destacar e reafirmar o compromisso de investir no planejamento da cidade e no fortalecimento do IPUF como entidade mater do urbanismo de Florianópolis.
h- Composição de Grupo de Trabalho (GT) Independente para o exame dos projetos aprovados no âmbito da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano nos últimos 6 meses.
i- Composição de GT para análise de capacidades de suporte e comprometimento de setores da cidade.
j- Composição de GT para sugerir maior eficácia e transparência na análise e aprovação de projetos.

4 comentários:

Lucio disse...

Que Bom, surpreendente.
No entanto sinto algo de familiar, nos termos utilizados nas colocações tanto do prefeito como do Dalmo, 'meus escritos e propostas com idéias eles tem acessos. Escrevi bastante. seus acesssores e seus conselheiros estão de olho nas nossas proposta. Só esperamos que haja um minímo de reconhecimento e respeito.

Anônimo disse...

O senhor Dalmo terá uma tarefa muito árdua. Tirar o IPUF da inércia que o ex prefeito Dário colocou durante suas duas gestões. Os profissionais deste órgão devem estar muito desestimulados, mesmo com a mudança do tipo de gestão da prefeitura. São 8 anos submetidos a uma baixa estima profissional.
Desejo boa sorte, pois os desafios da cidade são grandes e mais desafiador também são estas metas que foram propostas.
Luciano

Augusto J. Hoffmann disse...

Melhor então só se for verdade. Como se sabe, o marketing verde é uma arte, cujos resultados políticos e financeiros, são alvissareiros. Nós, do interior, torcemos pra ideia se espalhar.

Lucio disse...

A gestao passada do prefeito Dario e Jose Carlos Rauen atraiu a todos. Fizeram uma prefeitura e uma Florianopolis para empresários e dos empres
vários. Vamos ver se esta nova gestao do Cesar Souza e Dalmo Vieira Filho sera uma prefeitura para a cidade e para os cidadãos. Ha uma esperança. Lucio.