quinta-feira, 2 de maio de 2013

Paris: Um dia glorioso

Te cuida Lagerfeld
Por William Ear Long de Paris
especial para o Cangablog

   O senador Luiz Henrique da Silveira foi recebido pelo Comitê Central na sede do Partido Comunista Francês. Edith Piaf entregou a ele rosas vermelhas e disse:
- Leve nossas rosas, símbolo do socialismo que o senhor pratica desde quando era agente administrativo do DOPS, em Florianópolis.

   O auditório aplaudia com veemência e de repente LHS, num surto inexplicável, bradou: 
Rouge, rouge, rouge...

  Foi quando Alberto Martins, negro, carioca e comunista gritou:
- Rouge et noir, rouge et noir... Vermelho e preto... Uma vez Flamengo, sempre Flamengo... O auditório ovacionou Alberto Martins...

   Saindo de lá, fomos ao encontro com Rodin. LHS explicou a situação política do Brasil e de Santa Catarina. Disse que tem sonhos com o PT, com o PSD, com o PP e depois tudo se mistura. Ele vê, então, o Amin e outro correndo na frente e o Paulo Bauer atrás...
   Passaram-se 30 minutos e só o silêncio reinava. Mais 45 minutos e nada. Foi quando LHS me disse:
- Este cara não fala? 

Respondi: 
- Ele entrou para a História como um pensador...

Pensei: Para interpretar sonhos, melhor Carl Gustav Jung.

   No encontro com Monsieur Thrilhot - presidente da TGV - Train du Grand Vitesse, foi firmado acordo de uma linha entre Joinville e Florianópolis, duas áreas conurbadas do litoral. A linha terá 46 vagões, andará numa velocidade de 345 km/h e o vagão 08 será sem teto para dar mais conforto e comodidade aos passageiros que já sofreram com a conurbação.

   A conversa com Humboldt, cientista alemão que explorou a flora como Darwin explorou a fauna, foi ríspida. Humboldt passou uma descompostura no senador brasileiro. Disse:
- Você non sabe nada dos florestas. Eles son muito complexas. Son sistemas vivos de auto regeneraçon e autônomos. Pota sua atençon em outro assunto. Você deve continuar com as flores do festival de Joinville.
- Son mais fáceis para você entender. Se non você acaba entrando pra História como vencedor do prêmio Mico Leão da Tigre.
*William Ear Long
é o  jornalista responsável
pela cobertura da viagem
do senador LHS a Paris.
Tudo pago com dinheiro
público.

   Assim que terminou o encontro, passamos num bar. LHS bebeu três copinhos de poire e fomos ao encontro da Madame Coco Chanel. Madame Chanel foi elegantíssima. Recebeu-nos com blinis e Moet & Chandon. Conversa amena até que ela fulminou:
- O que o senhor deseja, afinal?

   E aí, LHS a convenceu de comandar o próximo Joinville Fashion Week, versão 2014. Ela concordou e disse que mandará Karl Lagerfeld representar a marca Chanel.

*Sobre o tour de LHS leia também: Paris, Paris, toutjours Paris...

Nenhum comentário: