segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Décio Lima e a viagem do corvo!

Décio: buffet do Lindacap em horário de trabalho
   O deputado petista Décio Lima se revelou o campeão de gastos públicos com publicidade - dele é claro - na Câmara dos Deputados. Conforme matéria publicada hoje no Diário Catarinense, foram mais R$ 260 mil - nosso, é claro - que Décio torrou com publicidade para "divulgar a sua atividade parlamentar". 
   Zeloso em preservar e divulgar a sua imagem, o deputado petista não tem sido tão cuidados com a sua frequencia na casa parlamentar. Somente nas sessões deliberativas de 2011 o blumenauense faltou a 28 das 107 sessões da Câmara que acontecem de terça a quinta-feira, somente. Eles trabalham, quando trabalham, três dias na semana.
   Mas é nas quintas-feiras que Décio Lima tem sido visto com frequencia no restaurante Lindacap, em Florianópolis em plena hora do almoço.
   O deputado almoça com sua esposa, a deputada estadual Ana Paula Lima (PT), em horário que deveria estar trabalhando "pelo povo", em Brasília. 
   Tem gente dizendo que Décio tem usado o jatinho da FAB, aquele da ministra Ideli, para vir, almoçar e voltar para o trabalho na capital federal. 
   Eu, particularmente acho que ele só vem. Faz a viagem do corvo, vem e não volta!

3 comentários:

Anônimo disse...

Esse é moralista, mas apontando o dedo para os outros. Casa de ferreiro, espeto de pau. E tem quem vote ainda nesse tipo de político que vive esbanjando com o dinheiro público?

Anônimo disse...

E AINDA PRESENTEIA ...BLUMENAU
...BLUMENAU 163 ANOS 2 PRESENTES ...A DUPLICACAO DA BR 470 E A FURB EM BLUMENAU.
MEUS IMPOSTOS TAMBEM SAO PRESENTES AO BRASIL HEHEHE,,,,

Anônimo disse...

Ele é itajaiense, se não me engano.
Não sou partidário, mas diante do "desastre" das administrações posteriores à sua(inclusive a atual), ele deixou saudades. Blumenau está na "bangela", ladeira abaixo (4ª economia estudual. Ainda ). Se o eleitor fosse habilidoso e tivesse eleito Ana Paula para a prefeitura, o cenário, junto com Décio e Dilma (por que não?), poderia ser diferente. Agora, "já era"!!!