sábado, 2 de novembro de 2013

Caetano, Gaievski e Polansnki: coisas em comum


   Em uma entrevista à revista TPM, em 2003, ela afirmou que, desde o casamento, a fortuna do baiano fora multiplicada por dez. "Até conhecê-la, Caetano tinha uma vida financeira tímida e meio atrapalhada. Ela mudou isso", confirma o empresário Ricardo Amaral, dono da antiga boate Hippopotamus, onde os dois foram fotografados pela imprensa juntos pela primeira vez, em agosto de 1986 — ela com 17 anos e ele com 44. Eles haviam se conhecido quatro anos antes, após a apresentação de uma peça teatral em que ela atuava. Em uma declaração bombástica à revista PLAYBOY em 1998, Paula contou que perdeu sua virgindade com o cantor quando tinha apenas 13 anos. Mais recentemente, afirmou ter feito um aborto aos 16 anos ao engravidar de Caetano. "Não queria ter um filho adolescente", disse à revista Status no ano passado. O filho mais velho do casal, Zeca, tem 21 anos e o caçula, Tom, 16.

Justiça nega habeas corpus a irmãos de Gaievski, ex-assessor pedófilo da ainda ministra Gleisi Hoffmann
   Tiro errado – O inferno astral da família Gaievski parece não ter fim. Ex-assessor especial de Gleisi Hoffmann na Casa Civil, o pedófilo Eduardo Gaievski, preso sob acusação de estupro de menores, recebeu com desapontamento a informação de que o Tribunal de Justiça do Paraná negou o pedido de habeas corpus de seus dois irmãos.
   Considerados foragidos pela Justiça, Francisco e Edmundo Gaievski tiveram a prisão decretada por suspeita de pagamento de testemunhas que deveriam mudar depoimentos em cartório para favorecer o pedófilo que a ainda ministra Gleisi levou ao Palácio do Planalto para trabalhar a poucos metros da presidente da República.
   Também na última semana foram presos em flagrante o filho de Eduardo Gaievski, André, e o advogado do ex-assessor, Fernandes da Silva Borges. Com a dupla a polícia encontrou as mães de duas vítimas do pedófilo, que estavam a caminho do cartório para mudar depoimentos mediante pagamento em dinheiro.
   O pedófilo foi transferido da Casa de Custódia de Curitiba para o presídio de Francisco Beltrão, a poucos quilômetros do Paraguai, para onde estava fugindo quando foi preso em Foz do Iguaçu.

Diretor Roman Polanski é preso por mandado emitido há 31 anos
   O premiado diretor de cinema Roman Polanski foi detido na Suíça por um mandado de prisão emitido há 31 anos nos Estados Unidos.
   Polanski, 76, foi preso no sábado quando viajava para a Suíça para o Festival de Cinema de Zurique, que está realizando uma retrospectiva de sua carreira.
   Em 1977, nos Estados Unidos, ele admitiu ter mantido relações sexuais com uma garota de 13 anos, o que é ilegal, mas fugiu para a França antes de receber a sentença

Nenhum comentário: