segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

"Forças ocultas" não conseguem derrubar Luiz Moukarsel da Cultura Municipal


Inocentado Luiz Moukarzel volta a ocupar a Secretaria Municipal de Cultura e a FCFFC

   O músico e produtor cultural Luiz Ekke Moukarzel volta a ocupar a Secretaria Municipal de Cultura e a Superintendência da Fundação Franklin Cascaes depois de dois meses afastado das funções. 
   Durante esse período, Moukarzel obteve decisão unânime do Conselho Superior do Ministério Público atestando que não possui qualquer condenação que o enquadre na Lei da Ficha Limpa municipal.
   Jogada estranha  
   Luiz Ekke Moukarzel pediu para sair do cargo em 1º de outubro após uma estranha recomendação do Ministério Público para que o prefeito Cesar Junior exonerasse o produtor cultural usando a Lei da Ficha Limpa Municipal.
   O que se sabe no meio cultural da cidade é que isso tudo teria sido uma jogada interna de um grupo com cargos nesses órgãos e com quem Moukasel teria entrado em conflito ao se negar a fazer pagamentos "viciados".
   Na liderança desse grupo nome político, maçom e com influência no MP.
   Luiz Ekke Moukarzel não possui qualquer condenação que o enquadre na Lei da Ficha Limpa municipal.


Decisão do Conselho Superior do MP, desqualificando a improbidade administrativa e o enquadramento na Lei da Ficha Limpa, como fora alegado pela Promotora da 12º.

Um comentário:

Anônimo disse...

E tão bom quando o MP faz a coisa certa!