segunda-feira, 31 de março de 2014

A cotação da fé anda em baixa...


    Leio nas páginas do DC que o Prefeito João Amin(PP) entregou ao Provedor da Irmandade do Senhor dos Passos, Luiz Mário Machado, doação de R$ 50.000,00 para a realização da Procissão do Senhor dos Passos, a mais popular e antiga manifestação religiosa e cultural de Santa Catarina. Deu, também, apoio ao enquadramento da celebração como patrimônio cultural da cidade.
   Se comparadas as doações de dinheiro público para eventos privados podemos deduzir que a fé anda em baixa no conceito dos dirigentes do nosso estado e município. 

Clique nos links e compare:


Queima de fogos e shows do Reveillon (RBS) 2013: 
Prefeitura de Florianópolis repassa R$ 4.645.000,00 para o Grupo RBS e, em 2014, adita o contrato em 19.913886% repassando mais R$ 925.000,00.



















...é, realmente a cotação da fé anda em baixa.

2 comentários:

Anônimo disse...

Bem que faz

Anônimo disse...

Cada político prestigia o acha que pode lhes dar mais votos. Mas comparativamente isto foi pisar na bola, se não desse dinheiro para o evento seria mais bonito e não renderia a mídia negativa.
Se o governo tem que gastar dinheiro com eventos religiosos? Talvez, mas se gastar não adianta reclamar que darão dinheiro para eventos religiosos dos protestantes. E isso também demandará dar dinheiro para a parada gay, para a marcha da maconha e por aí vai ...
Mas voltando ao campo religioso. É bom lembrar que as diversas igrejas e religiões não pagam impostos sobre o dinheiro que arrecadam dos seus fieis, logo quem paga seu dízimo as igrejas já paga pela execução de eventos que elas promovem.
Luciano