sábado, 16 de agosto de 2014

Pressão política cala blog Temperos & Apimentadas

   Mais um blog independente fecha em Florianópolis. O Temperos & Apimentadas do Meira Júnior. Durante 9 anos o Temperos, um espaço virtual mistura de blog político com colunismo social, informou e divertiu milhares de internautas chegando a ter 2.750.000 acessos.
   Temperos conseguiu se manter independente e denunciar, em várias ocasiões, figurões da política e da sociedade catarinense envolvidos em casos e corrupção e ladroagem de dinheiro público. Sem comprometimento com empresa ou patrões, o Apimentados pegou pesado, juntamente com o Cangablog, Tijoladas do Mosquito e De Olho na Capital, denunciando roubalheira e escândalos no periodo de maior corrupção da história de Santa Catarina: o governo de Luiz Henrique da Silveira do PMDB.
   Hoje, exceto o Cangablog, todos os outros blogs estão fechados. O Tijoladas do Mosquito acabou juntamente com o seu mentor. Sem encontrar saída na ciranda de processos, por calúnia e difamação, em que se meteu, Hamilton Alexandre, o Mosquito, se suicidou.
   O blog De Olho na Capital, do jornalista César Valente, acabou de repente com essa xôxa explicação: "Não é uma decisão difícil, nem deve causar surpresa. Esta ferramenta foi muito útil, muito interessante e ajudou bastante na popularização da internet como fonte de informação. Mas, como tantas outras, perdeu seu espaço e sua praticidade".
   Bem, a justificativa do Meira Júnior para o fechamento do Temperos está aí embaixo. É a explicação do Meira, mas não a minha. Tenho informações de que muita água passou por baixo da ponte para que o Meira fechasse o seu poderoso blog.
   Funcionário público estadual, prestes a se aposentar, Meira Júnior sofreu todo o tipo de pressão política que aumentaram e se tornaram mais explicitas nos últimos tempos. Expostos pelas denuncias, os políticos começaram a agir mais descaradamente enviando emissários com ameaças veladas ao blogueiro.
   Bem, sobrou o Cangablog que, como não tem patrão, não trabalha na RBS nem no governo vai continuar informando seus leitores sobre a bandidagem política que assola Santa Catarina e o Brasil. Aqui não se faz jornalismo de fachada. Aquele que é radical e contundente na linguagem e na forma, mas é incapaz dizer o nome dos ladrões. 

Abaixo a carta de despedida do Meira Júnior:


Dever cumprido...

Nossas vidas têm muitas emoções. Alegrias ou tristezas, devemos seguir em frente. Em nossos caminhos surgem fatos marcantes. Este espaço é um fato marcante, propiciou novas amizades, solidificou tantas outras e permitiu muitas emoções. Ora, essa ‘bloguna’, mistura de blog com coluna, nasceu despretensiosa. Temperos & Apimentadas, é um título que vai da culinária à nossa vida social. Às vezes mais tempero, outras mais pimentas. Aqui testemunhamos fatos lamentáveis da vida pública e escândalos sociais. Mas também brincamos com a nossa gente.

Aqui desfilaram impagáveis personagens como a Frasqueira e a Alpinista Social. Mais do que personagens, espelhos da realidade. E foi nessa realidade que, com bom tempero, demos o molho do bom humor. E, claro, quando necessário baixamos a pimenta. A resposta veio em 2. 750.000 milhões de acessos. E isso não tem preço. Essa resposta vale por milhões de abraços. É um carinho que se expande em nossas vidas. Nesses nove anos de Temperos & Apimentadas temos uma história de cumplicidade com quem está do outro lado.

Aproveito para agradecer a todos aqueles que de maneira direta ou indireta contribuíram para o "Temperos & Apimentadas": Juca Deschamps, meu grande parceiro e incentivador Luiz Carlos Schneider, Canga, nosso saudoso Amilton Alexandre do "Tijoladas do Mosquito", Marcos Bayer, Alexandre Amim Salum Júnior, Álvaro Fontes. Aos fotógrafos Geremia, Tiago Mynt, Angelo Santos e Darline Rodrigues dos Santos, que ilustraram por muito tempos as aberturas da coluna com belas fotos. Peço desculpas, se por esquecimento, omiti algum nome.

E com essa cumplicidade e coração aberto, não há como fugir do momento. Causas diversas que se somam, passam por saúde, família e incômodos legais, nos levam a olhar para horizonte e pensar em busca um fôlego. O fôlego de uma folga, de uma parada. Então, queridos amigos, do fundo do coração peço licença para dar uma parada. Não é um adeus e nem o fim deste espaço. É apenas um pedido para dar um tempo. A introspeção e a intimidade exigem isso.

Obrigado é pouco, vocês merecem muito mais.
Um abraço carinhoso e até logo ali.

Meira Júnior
Temperos & Apimentadas

4 comentários:

Anônimo disse...

Lamentável que em pleno século XXI, ainda temos que nos deparar com notícias que nos entristecem em que o poder político manda mais que a liberdade de imprensa. Mais um Blog que vai deixar saudades, o Temperos e Apimentadas vai deixar saudades.
Abraços, Guto

Anônimo disse...

Meira, quando a democracia retornar ao nosso país você terá nova oportunidade. Espero que resolvas bem todos os problemas que o levaram a esta decisão! Tem um frase, que não sei a autoria, que diz: "Nunca se arrependa de suas escolhas, pois elas foram as melhores para as situações que se apresentaram!" Um grande abraço!

Anônimo disse...

Imagino a pressão que vocês blogueiros, que são independentes, devem sofrer. Pena que o Temperos assim como os outros tenham saído do ar.

Anônimo disse...

poxa canga, não desista não! aqui é o único lugar onde podemos saber a verdade verdadeira!
até o batman do stf dizem que se aposentou por ameaças à sua família...