quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Vestir la Representación

   Por indicação de uma amiga fui visitar a exposição Vestir la Representación - Carmen Giles 30 anos.
      
   A instalação acontece no Cassino de La Exposicion, que fica na parte de trás do fantástico teatro Lope de Vega, e gira em torno da figurinista, criadora de cenários, complementos teatrais e dona de um estilo próprio nas mais diversas categorias das artes cênicas. Carmen Giles, uma sevillana!
   
   O interessante desse trabalho é que, mesmo com pouco
conhecimento que tenho da história da Espanha, consegue-se perceber, através do grafismo e da sensibilidade artística de Carmen Giles, as mudanças no cenário político, social e, principalmente, cultural das últimas décadas na Andaluzia e na Espanha.


   Quando entrei naquele labirinto de fantasias, cenários e figurinos percebi isso. Muito mais do que revelar a sua capacidade artística e profissional, a mostra dos trabalhos de Carmen Giles dos últimos 30 anos é um intenso testemunho da história cultural da Andaluzia. Isso está presente nos figurinos e na representação gráfica de peças teatrais que adaptaram autores de diferentes épocas e continentes como Lorca-Un Perro Andaluz, sobre a mais facinante e triste história entre Garcia Lorca e Salvador Dali, e a adaptação de Crônica de unaMuerte Anunciada, de Gabriel Garcia Marques.
   Muito legal!



Nenhum comentário: