quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Portas de Cádiz

   Chegamos na estação Santa Justa hoje de manhã para comprar passagem de trem para Granada. Na internet dizia que todas as opções para o dia 18 estavam esgotadas. Duvidei!
   Fui conferir e não estavam. Comprei a passagem e perguntei ao senhor do balcão se Cádiz era uma boa opção de passeio. Ele simplesmente me disse: É a cidade mais antiga do ocidente! E perguntou o que eu achava.
   Respondi que achava que ele era de Cádiz. E era! ahahahahahah!
   Mas Cádiz é tudo isso e mais um monte de história. Tinha um trem que saía para lá dali a 20 minutos. Comprei as passagens e fui conferir. Tinha a esperança de chegar no porto, olhar para o horizonte e divisar a África. De lambuja dar uma olhadinha em Quaraí, que fica mais ou menos na mesma direção.
   Tava nublado, não vi nem a África e nem Quaraí, mas não perdi a viagem. A cidadela é pequena e quando entramos começou a chover. Tivemos que ficar andando pelas ruelas entrando em toda a porta aberta que encontrávamos.
   Resolvi fotografar as portas.
   Uma beleza!
   Divido com vocês esta arte!
   Portas de Cádiz, se chama!




2 comentários:

Anônimo disse...

Lindos postais, Canga.

Carlos disse...

Quase igual às portas lá de Jaguarão. Já ouviu falar, Canga?