domingo, 1 de fevereiro de 2015

Débio & Lloyd por Leal Roubão

    Por Leal Roubão

   Raimundo Colombo está cada vez melhor no papel de Rainha da Inglaterra. Seus marqueteiros anunciam no jornal que ele está lendo Lee Iacocca, um livro de 2010, provavelmente recomendado pelo senador Silveira.
 
    Duas preciosidades apontam os marqueteiros, extraídas do livro: (1) Para aumentar a receita só vendendo mais... Não é o caso do Estado. (2) Cortar despesas para gerar sobras destinadas aos investimentos. Até o Zé do Cacupé sabe disto e aplica a regra ao seu negócio.

   O nível do governo é cada vez mais baixo e os seus marqueteiros acompanham a queda.

   Com viagem marcada para os EEUU durante o Carnaval, Colombo visitará seu antepassado Cristóvão e os engenheiros Dr. Iron Metal Bridges (PhD em construção de pontes metálicas) e Dr. Iron Horse Railways (PhD em construção de trilhos urbanos), ambos conceituados especialistas nas áreas mencionadas, sobre a Ponte Hercílio Luz.

   Os engenheiros dirão que precisam ver a ponte in loco para então emitir o parecer, o orçamento e outros detalhes.

   Mas, o eficiente Colombo informa pelos jornais que levará um time de engenheiros nossos para a reunião. Será mais uma das brincadeiras de Raimundo com dinheiro público.

   Colombo inverte a ordem dos fatores porque não conhece o produto.



Nenhum comentário: