domingo, 10 de maio de 2015

Pavor...


   Por Roger Pagout, de Paris, especial para o cangablog

   Recebi outro telefonema de Florianópolis, de fonte segura, relatando mais uma das aulas de artes plásticas de Raimundo Colombo com seu assessor de cultura internacional, lotado no CIC.

- Olhe governador, olhe a maravilha existencial da obra de Evard Munch, pintor norueguês que retrata o momento de profunda angústia e desespero do homem, argumentou Edson Machado.

   Colombo olhou, observou, franziu a testa, pigarreou e disse: - Interessante.
   Saiu da sala e foi para o seu gabinete. Durante meia hora ficou em silêncio absoluto. 
   Quando chegou o ajudante de ordens, Colombo desabafou:
   
- Já estão pintando minhas reações emocionais diante do PMDB...

Nenhum comentário: